LASER de baixa intensidade na modulação do processo inflamatório e no reparo tecidual após lesão parcial do tendão calcâneo em ratos

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2014
Autores
Jesus, Julio Fernandes de [UNIFESP]
Orientadores
Plapler, Hélio [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: Avaliar a modulacao de fatores pro-inflamatorios e o reparo tecidual em tendoes calcaneos parcialmente lesionados sob a acao do LASER de baixa intensidade (LBI). Metodos: Foram utilizados sessenta e cinco ratos Wistar machos, com peso entre 270-300g; sessenta destes animais foram submetidos a lesao por trauma direto no tendao calcaneo da pata posterior direita e distribuidos em seis grupos: LASER 1 (10 tendoes submetidos a uma unica aplicacao de LBI), LASER 3 (10 tendoes submetidos a tres aplicacoes de LBI) e LASER 7 (10 tendoes submetidos a sete aplicacoes de LBI); para todos os grupos LASER foram elaborados grupos Sham (1, 3 e 7), nos quais os tendoes foram submetidos a mesma lesao, entretanto as aplicacoes do LBI foram simuladas (equipamento desligado). Os cinco animais restantes foram alocados no grupo Padrao (nao foram submetidos a nenhum procedimento). Foi utilizado o equipamento de LBI com meio ativo semicondutor AsGaAl com comprimento de onda (λ) de 780nm (infravermelho proximo), area do feixe de 0,04cm2 e potencia media de 70mW, aplicado uma vez ao dia em 1 ponto (terco medio do tendao calcaneo dos animais lesionados), com fluencia de 17,5J/cm2, durante 10 segundos e energia final total de 0,7J, pela tecnica de contato e emissao continua de energia. Apos a eutanasia, os tendoes foram cirurgicamente retirados e avaliados por imunohistoquimica para interleucina 1-β (IL-1β), ciclooxigenase-2 (COX-2) e prostaglandina E2 (PGE2), alem da tecnica de birrefringencia para o alinhamento do colageno e de picrosirius red para determinacao dos tipos I e III de colageno. Resultados: O LBI modulou os niveis de todos os agentes inflamatorios estudados, adiantando o processo de reparo. A IL-1β foi modulada com tres aplicacoes, a COX-2 e a PGE2 com tres e sete aplicacoes. O tratamento proposto tambem foi capaz de realinhar as fibras colagenas a niveis mais proximos do normal (padrao) com uma, tres e sete aplicacoes (os melhores resultados foram encontrados com sete aplicacoes) e tambem estimular a producao de colageno do tipo I e inibir o colageno do tipo III. Conclusao: O LBI reduziu os niveis inflamatorios e estimulou o processo de reparo dos tendoes calcaneos lesionados apresentando-se como um possivel recurso para estimular a regeneracao e evitar a degradacao excessiva dos mesmos
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2014. 73 p.