Estudo da atividade proteolitica e inibicao de peptidases do Plasmodium falciparum e Plasmodium chabaudi

Show simple item record

dc.contributor.author Melo, Pollyana Maria Saud [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:46:12Z
dc.date.available 2015-12-06T23:46:12Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2012. 82 p.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22785
dc.description.abstract A malaria e uma doenca parasitaria que afeta milhoes de pessoas todos os anos, segundo a Organizacao Mundial de Saúde. Alem de ser uma doenca responsavel por altos indices de morbidade e mortalidade, e tambem um problema socioeconomico mundial, sendo que 50% da populacao mundial esta sobre risco de contrair a infeccao. O parasita em seu complexo ciclo de vida passa por um hospedeiro invertebrado e um hospedeiro vertebrado. Neste ultimo, o seu ciclo intra-eritrocitico leva ao desequilibrio do seu hospedeiro, alterando a hemodinamica, a coagulacao e o sistema inflamatorio. A analise do genoma de Plasmodium falciparum permitiu a identificacao de 90 diferentes proteases que estao envolvidas em inumeros processos como degradacao da hemoglobina, invasao e egresso dos eritrocitos. Apesar de se conhecer bem o envolvimento destas enzimas neste processo de degradacao o papel dessas proteases na degradacao de outras proteinas do hospedeiro e pouco explorado. Uma possivel funcao destas enzimas e atuar com o hospedeiro na tentativa de minimizar o desequilibrio gerado pela infeccao e aumentar a sobrevivencia do parasita. Dentre as proteinas plasmaticas, o plasminogenio participa nos processos de coagulacao, angiogenese e inflamacao, a partir da geracao de plasmina e angiostatina resultantes da hidrolise por diversas proteases ou ativadores do plasminogenio. Este novo aspecto sobre a interacao parasita-hospedeiro e um dos objetos de estudo da presente tese. Usando diferentes metodos bioquimicos observamos que o plasminogenio e hidrolisado por P.falciparum, P. chabaudi e falcipainas recombinantes (cisteino - proteases do P. falciparum). O processamento de plasminogenio pelos parasitas gerou peptideos angiostaticos que inibiram a angiogenese e foram capazes de aumentar a concentracao de calcio citoplasmatico em celulas endoteliais umbilicais humanas (HUVEC), funcoes previamente descritas para a angiostatina. Ainda na presente tese estudamos a acao inibitoria das cistatinas recombinantes de cana-de-acucar (canacitatinas CaneCPI-1, CaneCPI-2, CaneCPI-3, CaneCPI-4 e CaneCPI-4 TAT) sobre as cisteino-proteases do Plasmodium. Estas cistatinas foram testadas como possiveis candidatas a novas drogas, com a capacidade de inibir as cisteino-proteases do parasita pt
dc.format.extent 82 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Humanos pt
dc.subject Malária pt
dc.subject Peptídeo Hidrolases pt
dc.subject Plasmodium falciparum pt
dc.subject Plasmodium chabaudi pt
dc.title Estudo da atividade proteolitica e inibicao de peptidases do Plasmodium falciparum e Plasmodium chabaudi pt
dc.title.alternative Study of proteolytic activity and inhibition of peptidases Plasmodium falciparum and Plasmodium chabaudi en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-3101014354064.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Programa de Pós-graduação em Biologia Molecular pt
dc.subject.decs Humanos pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account