Show simple item record

dc.contributor.authorBugni, Vanessa Monteiro [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:45:41Z
dc.date.available2015-12-06T23:45:41Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2012. 46 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22332
dc.description.abstractA artrite idiopatica juvenil (AIJ) e a doenca reumatica cronica mais comum da infancia. Os criterios atuais de remissao clinica sao baseados em parametros clinicos e laboratoriais. Estudos que avaliaram por ultrassonografia (US) articulacoes como joelhos, quadris e interfalangeanas das maos detectaram sinovite subclinica em pacientes com AIJ considerados clinicamente inativos. Nao esta claro se a sinovite subclinica detectada pelas tecnicas de imagem pode levar a progressao da lesao articular e piora funcional. Os objetivos do estudo foram avaliar a presenca e caracteristicas da sinovite subclinica detectada por US com power Doppler (PD) em pacientes com AIJ em remissao clinica e comparar os achados com um grupo de criancas saudaveis, pareados por idade e genero. Criterios de inclusao: AIJ oligoarticular e poliarticular; remissao clinica; idade entre 5 e 18 anos. Avaliacao clinica: exame fisico, realizacao de exames laboratoriais e avaliacao oftalmologica. Parametros clinicos: contagem de articulacoes ativas/limitadas; escala visual analogica (EVA) de dor para cada articulacao em maiores de 8 anos de idade (0-10); EVA de edema para cada articulacao avaliada pelo medico (0-10); acometimento sistemico; capacidade funcional pelo Childhood Health Assessment Questionnaire (CHAQ); EVA global do medico (0-10); EVA global dos pais ou pacientes (0-10); medicamentos utilizados. US: avaliacao de 17 articulacoes (30 recessos articulares) bilateralmente. Parametros ultrassonograficos: sinovite, sinal PD e erosao ossea. Foi considerada sinovite subclinica a sinovite de graus moderado a grave e/ou sinal PD presente. Total de 36 pacientes (29 meninas, idade media 11,5±3,74 anos) e 36 controles (29 meninas, idade media 11,3±3,72 anos), com 2.448 articulacoes avaliadas. Dos pacientes com AIJ, 16 eram do subtipo oligoarticular persistente, 11 oligoarticular estendido e 9 poliarticular com fator reumatoide negativo. Nove estavam em remissao sem medicacao e 27 com medicacao, com tempo medio de remissao de 1,8±2,2 anos. Sinovite subclinica esteve presente em 15 (41,7%) pacientes e 4 (11,1%) controles (p=0,003). O sinal PD ocorreu em 7 (19,4%) pacientes e 1 (2,8%) controle (p=0,055) e erosao esteve presente em 3 (8,3%) pacientes e nenhum controle (p=0,239). A sinovite subclinica foi caracterizada em 38/1224 (3,1%) articulacoes de pacientes, sendo os recessos mais acometidos o punho radio-carpico, o cotovelo anterior, o tornozelo tibio-talar, as metatarsofalangeanas, o cotovelo posterior e o joelho. Nos controles, houve sinovite subclinica em 8/1224 (0,6%) articulacoes, sendo o recesso mais acometido o punho radio-carpico. Observou-se diferenca na presenca de sinovite subclinica entre pacientes e controles para as articulacoes dos cotovelos (p=0,033) etornozelos (p=0,006), com p marginal para punhos (p=0,056). Observou-se maior frequencia de sinovite subclinica nos pacientes que apresentaram subtipo oligoarticular estendido ou poliarticular (p=0,013), idade maior de inicio da doenca (p=0,007) e uso de metotrexato (p=0,049). Pacientes com AIJ em remissao apresentaram sinovite subclinica mais frequentemente do que criancas saudaveis. Observou-se maior frequencia de sinovite subclinica em pacientes com comprometimento poliarticular, idade maior de inicio da doenca e uso de metotrexato.pt
dc.format.extent46 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectCriançapt
dc.subjectArtrite Juvenilpt
dc.subjectArticulaçõespt
dc.subjectSinovitept
dc.subjectUltrassonografia Dopplerpt
dc.subjectIndução de Remissãopt
dc.titleAvaliacao de sinovite subclinica por ultrassonografia power Doppler em pacientes com artrite idiopatica juvenil em remissaopt
dc.title.alternativeAssessment of subclinical synovitis by ultrasonography power Doppler in patients with juvenile idiopathic arthritis in remissionen
dc.typeTese de doutorado
dc.identifier.fileepm-3011413534061.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Programa de Pós-graduação em Pediatria e Ciências Aplicadas a Pediatriapt
dc.subject.decsCriançapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record