O aluno de Medicina de uma Universidade publica do Nordeste

Show simple item record

dc.contributor.author Costa, Paulo Jose Medeiros de Souza [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:45:39Z
dc.date.available 2015-12-06T23:45:39Z
dc.date.issued 2011
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2011. 119 p.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22310
dc.description.abstract Introdução: A criacao do Sistema Unico de Saúde (SUS), em 1988, tem exigido profissionais de Saúde que possuam visao ampliada do conceito Saúde - doenca, com enfase para aspectos socioambientais e psiquicos e nao apenas centrada na doenca e no individuo. Nesse contexto, tem sido reconhecido, amplamente, que a atencao basica a Saúde e um dos principais cenarios de pratica para essa formacao e, de forma articulada as metodologias ativas de ensino u aprendizagem constitui um dos pilares do processo de mudancas curriculares nos cursos de medicina, sobretudo na ultima decada. Embora tenha ocorrido uma grande ampliacao das atividades praticas na atencao basica e intensificacao da integracao ensino u servicos de Saúde resultantes de politicas interministeriais indutoras desse processo de mudancas, identifica-se, ainda, uma desconexao entre academia e servicos, questionando-se sobre o aprendizado e as transformacoes dos alunos referentes as concepcoes sobre a atencao basica e o SUS. Objetivos: Analisar a concepcao de alunos do 5º ano de medicina sobre a atencao basica a Saúde; Descrever as mudancas na percepcao do estudante do curso medico quanto a atencao a Saúde da populacao ao termino do estagio em medicina comunitaria; Analisar a concepcao dos profissionais de Saúde sobre a atencao basica e o SUS e sobre o papel de educadores junto aos estudantes de medicina. Metodo: Pesquisa qualitativa, descritiva; tipo estudo de caso. Sujeitos da pesquisa: estudantes do 5º ano do curso medico e profissionais de uma unidade da estrategia de Saúde da familia (USF), onde se desenvolveu o estagio em medicina comunitaria do curso de medicina da UNCISAL, 2009. Foram aplicados tres instrumentos de coleta de dados: questionario, grupo focal e entrevistas. Para a analise dos dados utilizou-se a analise de conteudo, considerando-se categorias tematicas. Resultados: O estagio proporcionou mudanca da percepcao dos alunos sobre a atencao basica quanto ao potencial da relacao medico-paciente, ao vinculo, a resolubilidade e a clinica ampliada. Os alunos entendem que a promocao e a prevencao sao prioritarias, porem as consideram praticamente exclusivas deste nivel de atencao a Saúde. Quanto aos profissionais da USF, atribuem grande importancia a atencao basica, ainda que centrada na promocao e prevencao, e nao se percebem como sujeitos que possam interferir no aprimoramento do sistema e na superacao de dificuldades. Esses profissionais tem uma concepcao do SUS como modelo teorico ainda desarticulado com a operacionalizacao. Do mesmo modo, a maioria nao percebe o seu papel na formacao dos discentes, ainda que reconhecam a importancia do estagio tanto para os estudantes como para a USF. Conclusao: O estagio em medicina comunitaria proporcionou mudancas positivas na percepcao dos alunos quanto ao potencial da atencao basica, entretanto, a sua concepcao permaneceu centrada no modelo biomedico, colocando a assistencia individual em evidencia, mantendo-se uma visao ainda limitada para a medicina exercida neste nivel de atencao a Saúde pt
dc.format.extent 119 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Educação Médica/história pt
dc.subject Estudantes de Medicina pt
dc.subject Saúde Pública pt
dc.subject Atenção Primária à Saúde pt
dc.subject Sistema Único de Saúde pt
dc.title O aluno de Medicina de uma Universidade publica do Nordeste pt
dc.title.alternative The medical students of a public university in the Northeast: the concepts of primary health care en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-2122011595761.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Programa de Pós-graduação em Pediatria pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account