Adaptação e correlação entre instrumentos neuropsicológicos para avaliação e acompanhamento da doença de Alzheimer em fases avançadas

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2012
Autores
Wajman, José Roberto [UNIFESP]
Orientadores
Bertolucci, Paulo Henrique Ferreira [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: foi objetivo principal deste projeto o estudo da correlacao entre instrumentos especificos para avaliacao de pacientes com demencia da doenca de Alzheimer em fases avancadas no que diz respeito a sua cognicao objetivamente ponderada e aspectos da capacidade funcional. Metodos: foram utilizadas nesta pesquisa as escalas CDR (Clinical for Dementia Rating), FAST (Functional Assessment Scale), BANS (Bedford Alzheimer Nursing Severity Scale), MMSE (Mini-Mental State Exame), MMSE-G (Mini-Mental State Exame-Grave), SIB-8 (Severe Impairment Battery) e TSI (Test for Severe impairment) para comparacao com uma escala ecologica que serviu como padraoouro, a PADL (Performance Activities of Daily Living). Como proposta estatistica foram aplicadas analises descritivas, analise de Variancia (ANOVA), o Teste de Kruskal-Wallis para efeito de comparacao, alem de ter sido adotado nivel de significancia de 5% para as analises inferenciais. Resultados: foram incluidos 95 individuos acompanhados junto ao Setor de Neurologia do Comportamento do Hospital São Paulo - UNIFESP, sendo 33 (34,7%) do genero masculino e 62 (65,3%) do feminino. A idade media dos 95 individuos foi de 74,7 anos, variando de 60 a 89 anos, com desvio padrao de 6,2 anos. Em media, o tempo de escolaridade foi de 4,2 anos, variando de 3 a 8 anos, com desvio padrao de 1,5 anos. O tempo medio de doenca dos individuos foi de 7,3 anos, variando de 5 a 12 anos, com desvio padrao de 1,7 anos. Conclusoes: as evidencias encontradas sugerem uma correlacao linear crescente e estatisticamente significante entre a PADL e os instrumentos MEEM-G, SIB-8 e TSI. Houve, ainda, relacao estatisticamente significante entre os resultados alcancados na escala PADL uma vez comparada com o MEEM-G, a SIB-8 e a TSI e a fase da doenca em que os pacientes se encontravam, na medida em que quanto mais prejudicados foram seus desempenhos nesses tres testes, maior o indice de progressao da doenca na escala funcional FAST e em suas subdivisoes. Estes resultados indicam que para populacoes com estas caracteristicas escalas especificas para demencia grave sao uteis na avaliacao mais acurada do estagio da doenca e sua progressao
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2012. 113 p.