Adaptacao cultural e reprodutibilidade do DASI (Duke Activity Status Index) em pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica no Brasil

Adaptacao cultural e reprodutibilidade do DASI (Duke Activity Status Index) em pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica no Brasil

Alternative title Cultural adaptation and reproducibility of DASI (Duke Activity Status Index) in patients with COPD in Brazil
Author Tavares, Livia dos Anjos Autor UNIFESP Google Scholar
Abstract Introdução. A doenca pulmonar obstrutiva cronica (DPOC) e uma enfermidade debilitante e progressiva que interfere em varios aspectos da vida do paciente, como nas atividades sociais e de vida diaria (AVD). O interesse em se avaliar a relacao dos prejuizos funcionais causados pela DPOC e a capacidade dos pacientes em realizar as AVDs vem aumentando. O Duke Activities Status Index (DASI) e um questionario especifico para avaliar a capacidade funcional. Porem, nao havia estudos sobre sua adaptacao cultural e reprodutibilidade no Brasil. Objetivo. Adaptar o DASI a lingua e cultura brasileiras e avaliar a sua reprodutibilidade na avaliacao da capacidade funcional de pacientes com DPOC no Brasil e avaliar as correlacoes entre o DASI e outras variaveis fisiologicas e de qualidade de vida. Metodos: Pacientes com DPOC estaveis clinicamente responderam por tres vezes a versao em portugues do questionario com intervalo de quinze dias. O DASI e composto por 12 itens envolvendo cuidados pessoais, deambulacao, tarefas domesticas, atividades sexual e recreativa, cujo peso de cada item esta baseado no gasto metabolico de cada atividade medido em METs. Apos somatorio das respostas afirmativas e obtido um escore final que aplicado a formula VO2= 0,43(DASI) + 9,6 gera um valor estimado do VO2. Resultados: Cinquenta pacientes com DPOC estaveis clinicamente (Idade 62,3 ± 10 anos; VEF1 45,2 % ± 14,7 % do previsto; IMC 26,8 ± 5,8) participaram da pesquisa. O coeficiente de correlacao intraclasse utilizado para analisar a reprodutibilidade do questionario intraobservador e interobservadores foi de 0,95 e 0,90, respectivamente. As correlacoes do DASI com os dominios do SGRQ foram negativas e estatisticamente significantes para todos os dominios. As melhores correlacoes ocorreram com o Dominio Atividades (r= -0,70) e a pontuacao Total (r= -0,66) do SGRQ. Conclusao: A versao em lingua portuguesa do DASI e reprodutivel, de rapida e facil aplicacao e apresentou boa correlacao com o SGRQ
Keywords Humanos
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Questionários
Atividades Cotidianas
Reprodutibilidade dos Testes
Humanos
Language Portuguese
Date 2010
Published in São Paulo: [s.n.], 2010. 104 p.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 104 p.
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22046

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account