Estudo quantitativo da imunoexpressao do anticorpo monoclonal MIB1 no epitelio mamario normal nas fases folicular e lutea do ciclo menstrual

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1997
Autores
Ribeiro, Leda Marques [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Nosso objetivo foi avaliar a expressao do anticorpo monoclonal MIB1 no epitelio do lobulo mamario normal, em ambas as fases do ciclo menstrual ovulatorio. De vinte e seis mulheres no menacme (15-40 anos), submetidas a exerese de fibroadenomas, foram obtidos fragmentos do tecido adjacente desta lesao. As pacientes eram eumenorreicas e o intervalo entre a ultima gravidez ou uso de hormonios foi de 12 meses. A fase do ciclo foi caracterizada pela ultima menstruacao e pela dosagem serica da progesterona. As pacientes foram distribuidas em dois grupos conforme a fase do ciclo menstrual: GRUPO I, biopsias realizadas entre o 7º e 9º dias (n=12); GRUPO II, biopsias entre o 21º e 24º dias. A cirurgia foi ambulatorial, os tecidos foram fixados em formol a 10% por um periodo maximo de 6 horas e incluidos em parafina. Os cortes com de 3 a 4µ foram processados pela tecnica imunohistoquimica da avidina-biotina-peroxidase, incubados com o anticorpo primario Ki67 (clone MIB1) da Imunotech, na diluicao de 1/30 e strepto ABComplex/HRP duet, Mouse/Rabbit, kit 492 (Dako). As celulas coradas foram contadas, utilizando-se o sistema de analise digital Kontron Imaging System KS 300, em 10 a 15 campos 40X (n=500 celulas), por caso. O teste de MANN-WHITNEY mostrou que a porcentagem de celulas coradas do GRUPO I (media=3,5) foi significativamente menor que do GRUPO II (media=19,6). O estudo mostrou que o anticorpo monoclonal MIB1 se expressa no epitelio do lobulo mamario humano normal, sendo maior na fase lutea
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1997. 43 p.
Coleções