Show simple item record

dc.contributor.advisorAtallah, Álvaro Nagib [UNIFESP]
dc.contributor.authorSaconato, Humberto [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:05:18Z
dc.date.available2015-12-06T23:05:18Z
dc.date.issued2004
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2004. 152 p.
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20402
dc.description.abstractContexto. A infecção pelo vírus da hepatite B é um problema de saúde global e estimativas atuais são de que 2 bilhões de pessoas têm sido infectadas em todo e mundo e 360 milhões sofrem de infecção crônica pelo HBV. Após dez anos, cerca de vinte por cento dos pacientes com hepatite B crônica evoluem para cirrose e cinco por cento progredirão para carcinoma hepatocelular. 0 interferon-alfa é o tratamento recomendado para hepatite B crônica. Entretanto, o interferon-alfa tem custo elevado e está associado com alta incidência de efeitos colaterais. A lamivudina é um agente antiviral pertencente ao grupo de nucleosídeos análogos e tem sido utilizado como tratamento alternativo ou associado com interferon-alfa. Timosina alpha-1 é um polipetídeo quimicamente sintetizado, idêntico a Timosina alfa 1 humana. Acredita-se que seu mecanismo de ação é modular o sistema imune através do aumento da função da célula T. Objetivo. Comparar a eficácia e a segurança da lamivudina e da timosina alfa-1 nc tratamento da hepatite B crônica. Tipo de estudo. Revisão sistemática de ensaio: clínicos randomizados com metanálises. Local. Centro Cochrane do Brasil / Escol Paulista de Medicina I Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Estratégia de busca. As fontes de estudos utilizadas foram: EMBASE, LILACS, MEDLINE, registro de ensaios clíncos da COLABORAÇÃO COCHRANE, registro de ensaios clínicos dc grupo de doenças hepatobiliares da COLABORAÇÃO COCHRANE, lista de referência; bibliográficas e comunicação pessoal. Critérios para seleção do estudos. Estudos todos os ensaios clínicos randomizados analizando o efeito da lamivudina e timosina alfa-1 no tratamento da hepatite B crônica. Participantes: pacientes com hepatite E crônica. Intervenções: Qualquer dosagem de lamivudina versus placebo ou nenhum tratamento; lamivudina associada ao interferon-alfa versus monoterapia com lamivudina; lamivudina associada ao interferon-alfa versus monoterapia com interferor alfa; timosina alfa versus placebo ou grupo controle sem tratamento; timosina alfé versus monoterapia com interferon alfa. Variáveis estudadas. Ausência de resposta virolágica sustentada: proporção de pacientes com persistência de HBV-DNA, HBeAg ou HBsAg no soro e/ou desenvolvimento de anti-HBe e Anti-HBs; proporção de pacientes que evoluíram para cirrose hepática, insuficiência hepática, necessitando ou não de transplante hepático, ou para carcinoma hepatocelular; mortalidade por qualquer causa ou mortalidade específica; ausência de resposta bioquímica: proporção de pacientes sem melhora da atividade inflamatória; qualidade de vida; eventos adversos…(au).pt
dc.format.extent152 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectHepatite Bpt
dc.subjectLamivudinapt
dc.subjectTimosinapt
dc.titleTratamento da hepatite B crônica com lamivudina e timosina alfa-1: revisão sistemática e mera-análisept
dc.title.alternativeLamivudine and thymosin alpha-1 for chronic hepatitis B treatment: systematic review and meta-analysisen
dc.typeTese de doutorado
dc.identifier.fileepm-20050114114134GARCIA.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt
unifesp.graduateProgramMedicina Interna e Terapêutica


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record