Condutas preventivas para úlceras de pressão: prática clínica do enfermeiro - estudo transversal

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2003
Autores
Bork, Anna Margherita Guimaraes Toldi [UNIFESP]
Orientadores
Sesso, Ricardo de Castro Cintra [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: Verificar se os enfermeiros identificam pacientes com risco de desenvolver ulcera de pressao, e conhecer quais as condutas preventivas que adotam para esta populacao, comparando-as com as evidencias cientificas. Metodologia: Estudo transversal que sera realizado em enfermeiros com dois ou mais anos de experiencia na assistencia direta a pacientes adultos, pertencentes a unidades de internacao de hospitais da cidade de São Paulo, por meio da aplicacao de um questionario padronizado. Resultados Esperados: A hipotese a ser confirmada e que a maioria dos enfermeiros nao sabe reconhecer quem sao os pacientes de risco de desenvolver ulcera de pressao, e os mesmos tem adotado condutas preventivas nao fundamentadas em evidencias cientificas. Conclusoes: Caso os resultados supostos sejam encontrados, ha que se considerar a implementacao de processos de educacao mais efetivos, incluindo a participacao de Escolas de Enfermagem e de Servicos de Saúde na formacao e capacitacao dos profissionais enfermeiros, possibilitando a adequada avaliacao e prevencao de ulceras de pressao em pacientes internados sob seus cuidados
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2003. 31 p.