Desenvolvimento de um modelo animal experimental de infecção por Mycobacterium chelonae em olhos submetidos a ceratotomia lamelar automatizada

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2004
Autores
Adan, Consuelo Bueno Diniz [UNIFESP]
Orientadores
Freitas, Denise de [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: Desenvolver um modelo experimental de ceratite infecciosa por Mycobacterium chelonae em olhos submetidos a ceratotomia lamelar estromal automatizada. Material e Metodo: Estudo experimental animal, prospectivo, mascarado. Foram feitas tres series de experimentos com quatro animais de estudo e quatro controles em cada serie. Os animais (coelhos albinos, machos, raca Nova Zelandia, com peso de 3,5 a 4,0 kg) foram anestesiados e sedados. Foram utilizados para ceratotomia, o microceratomo Automatic Corneal Shaper (ACS®) e inoculos com bacterias vivas ou inativadas pelo calor. Os olhos tiveram imunossupressao local e antibioticoterapia profilatica pos-operatoria. A observacao clinica e documentacao fotografica em lampada de fenda, em determinados periodos pos-operatorios (pos-operatorio imediato - POI, 3°, 5°, 7°, 11°, 16°, e 23° dias) foram feitas por dois examinadores. Nestes mesmos periodos foi tambem realizada a documentacao fotografica. Ao estabelecimento da doenca corneana (pela concordancia entre os examinadores), os animais foram sacrificados. As corneas foram trepanadas e maceradas para estudo microbiologico. Resultado: Verificou-se a recuperacao do agente em nove dos doze animais. Um animal da terceira serie foi a obito. Conclusao: Foi possivel a inducao de infeccao corneana por M. chelonae em olhos de coelhos submetidos a ceratotomia lamelar. Este modelo podera permitir o estudo da patogenese, bem como o diagnostico e tratamento da infeccao por micobacteria apos ceratomileusis in situ assistida por laser (LASIK)
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2004. 145 p.