Avaliação do resultado de um programa educativo dirigido a paraplégicos visando o autocuidado relacionando aos déficits identificados na eliminação intestinal

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2003
Autores
Padula, Marcele Pescuma Capeletti [UNIFESP]
Orientadores
Souza, Mariana Fernandes de [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este estudo que utilizou como referencial teorico o modelo conceitual do autocuidado de Dorothea E. Orem teve por objetivos especificos: caracterizar a amostra segundo as variaveis: sexo, idade, escolaridade, etiologia da lesao medular, ocupacao anterior a lesao medular, ocupacao atual, nivel neurologico da lesao e locus de controle a Saúde; avaliar o progresso dos pacientes paraplegicos na assuncao do autocuidado apos a implementacao de um Programa Educativo relacionado a 16 dehcits identificados na eliminacao intestinal; verificar a possivel influencia das variaveis antecedentes nivel neurologico da lesao e locus de controle a Saúde na assuncao do autocuidado. Metodo: O estudo seguiu um delineamento experimental, com uma amostra de 28 pacientes que foram alocados aleatoriamente em dois grupos: controle (14 pacientes) e experimental (14 pacientes). 0 Programa Educativo foi aplicado somente aos pacientes do grupo experimental por um periodo de oito semanas. Na analise estatistica dos dados foram utilizados os testes: Mann-Whitney, Quiquadrado, Wilcoxon, Kruskal-Wallis. Resultados: Pela caracterizacao da amostra, a faixa etaria com maior incidencia entre os paraplegicos do estudo e dos 21 aos 30 anos, houve predominancia do sexo masculino, o nivel de escolaridade predominante foi o medio completo, a principal causa de lesao medular foi os ferimentos por arma de fogo, a maioria dos pacientes apresentaram lesao toracica alta em relacao ao nivel neurologico, em relacao ao locus de controle a Saúde, dos 28 pacientes, em 13 o locus de controle e interno e, igualmente, em 13 o locus de controle e externo. Em dois pacientes, os escores quanto a internalidade e externalidade foram iguais e, para analise estatistica, nao foram considerados. O estudo revelou 21 ocupacoes diferentes exercidas anteriormente a lesao medular, seis pacientes eram estudantes. Em relacao a ocupacao atual, 22 deles nao exercem mais qualquer ocupacao. Para avaliar o progresso dos paraplegicos na assuncao do autocuidado foram atribuidos escores as acoes de enfermagem segundo os metodos de ajuda requeridos pelos pacientes: Fazer(4), Guiar (3), Apoiar (2), Ensinar (1) e Independente (0). Nos deficits 1,2,3,4,5,8 e 16 mais pacientes do grupo experimental encontravam-se nas categorias de menor dependencia da enfermagem; o grupo experimental apresentou media inferior de pontuacao em relacao ao grupo de controle, evoluindo para melhor nos...(au)
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2003. 225 p.
Coleções