Show simple item record

dc.contributor.advisorSettanni, Flavio Aurélio Parente [UNIFESP]
dc.contributor.authorManrique, Dayse [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:02:54Z
dc.date.available2015-12-06T23:02:54Z
dc.date.issued2003
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2003. 67 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18590
dc.description.abstractIntrodução: Criancas com comprometimento neurologico tem maior risco de complicacoes respiratorias e pulmonares secundarias a aspiracao cronica. Em alguns casos, o tratamento da aspiracao e o isolamento cirurgico entre as vias aereas superiores e as vias respiratorias inferiores. Objetivo: Analisar os resultados da separacao laringotraqueal em eliminar a aspiracao em criancas com encefalopatia cronica e as repercussoes no controle das infeccoes pulmonares, assim como o impacto na qualidade de vida. Metodo: Vinte e tres criancas com encefalopatia cronica com diagnostico de aspiracao cronica foram submetidas a separacao laringotraqueal na Associacao de Assistencia a Crianca Deficiente, com tecnica de Lindeman modificada. A idade, o estado nutricional, as alteracoes pulmonares, a presenca de traqueostomia e gastrostomia previas a cirurgia foram descritas. Os resultados em relacao ao controle da aspiracao foram avaliados pelas comparacoes pre e pos-operatoria da frequencia de internacao hospitalar, de infeccoes pulmonares, e da secretividade das vias respiratorias. Resultados: Vinte e tres criancas com encefalopatia cronica, com idade entre 11 meses e 14 anos, foram submetidas a separacao laringotraqueal. Treze criancas (56,5` por cento) estavam desnutridas. Quatorze criancas (60,9º/) eram traqueostomizadas e 19 (82,6 por cento) tinham sido submetidas a gastrostomia e fundoplicatura. Todas as criancas tiveram controle completo da aspiracao, com uma incidencia de 17,4 por centode fistula traqueocutanea. A frequencia de internacoes hospitalares, o numero de infeccoes respiratorias e a secretividade tiveram uma reducao estatisticamente significante. Apenas 21,7 por cento, das criancas tiveram condicoes de se alimentarem exclusivamente por via oral no pos-operatorio. As criancas que tinham traqueostomia e gastrostomia com fundoplicatura previamente a separacao laringotraqueal tinham...(au)pt
dc.format.extent67 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectInalaçãopt
dc.subjectCirurgia geralpt
dc.subjectDeglutiçãopt
dc.subjectLaringept
dc.titleTratamento cirúrgico da aspiração: análise da separação laringotraqueal em 23 crianças com encefalopatia crônicapt
dc.title.alternativeSurgery for aspiration: analysis of laryngotracheal separation in 23 children with chronic encephalopatyen
dc.typeTese de doutorado
dc.identifier.fileepm-018596.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record