Investigação da micobiota conjuntival de indivíduos diabéticos, residentes em área urbana de São Paulo, Brasil

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2003
Autores
Andrade, Alfredo Jose Muniz de [UNIFESP]
Orientadores
Farah, Ana Luisa Hofling de Lima [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivos: determinar a micobiota conjuntival em diabeticos residentes na zona urbana da cidade de São Paulo, segundo idade, sexo, tipo, tempo de diabetes e estadio da retinopatia diabetica. Comparar com a micobiota conjuntival em individuos nao diabeticos. Estabelecer a micobiota anemofila nas salas de colheita dos raspados de conjuntiva. Metodos: foi realizado estudo prospectivo, nao aleatorio com diabeticos em acompanhamento medico e individuos sem historia previa de diabetes melito. Este protocolo foi aprovado pelo comite de etica desta universidade e obedeceu aos principios da declaracao de Helsique. Foram incluidas pessoas maiores de 18 anos, nao usuarias de medicamentos topicos ou lente de contato nos ultimos 30 dias e nao portadoras de doencas imunosupressoras ou doencas da superficie ocular. Os individuos avaliados foram submetidos a ectoscopia, raspado conjuntival bilateral, sem anestesia, utilizando zaragatoa alginatada esterilizada, embebida de salina esterilizada. Sabouraud dextrose agar acrescido de cloranfenicol foi utilizado para primo-isolamento. Nos individuos diabeticos, foi realizada avaliacao da retina e nos nao diabeticos se aplicou um criterio de triagem para diabetes nao diagnosticada, sendo selecionadas pessoas com glicemia de sangue capilar < 110 mg. dl-1 (em jejum de 8 horas). A colheita dos fungos anemofilos da sala consistiu em expor placas com Sabouraud dextrose agar acrescido de cloranfenicol por 30 minutos, durante as colheitas. Os cultivos foram observados a cada tres dias, durante 30 dias, apos a colheita. Para identificacao dos fungos, foram utilizados exames macroscopicos e microscopicos das colonias suspeitas. A chave de identificacao de De Hoog & Guarro foi adotada para fungos filamentosos. Para a determinacao do tamanho da amostra dos diabeticos, foi considerada como proporcao estimada de fungos em conjuntiva sadia 11,0 por cento, utilizando como nivel de significancia 5,0 por cento e intervalo de confianca 95,0 por cento. Para a analise dos dados, foram utilizadas tecnicas de estatistica descritiva e inferencial...(au)
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2003. 156 p.