Imunofluorescência direta como diagnóstico nos casos com suspeita clínica de penfigóide cicatricial ocular

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002
Autores
Donato, Waleska Belmiro Chaves [UNIFESP]
Orientadores
Gomes, José Álvaro Pereira [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivos: Penfigoide Cicatricial Ocular (PCO) e uma doenca cronica, progressiva, autc>imune que provoca cicatrizes nas membranas mucosas podendo levar a cegueira. Este estudo prospectivo objetiva avaliar a sensibilidade da tecnica de imunofluorescencia direta como diagnostico nos pacientes com suspeita clinica de PCO. E importante a realizacao do diagnostico precoce para que o tratamento seja instituido o mais breve possivel, objetivando melhores resultados. Metodos: Foram realizadas biopsias de conjuntiva para o processamento da imunofluorescencia direta em 13 pacientes (26 olhos) com suspeita clinica de PC0, que nao estavam na vigencia de imunossupressao sistemica ou terapeutica anti-glaucomatosa topica. Resultados: Destes 13 pacientes(26 olhos) com suspeita clinica de Penfigoide Cicatricial Ocular, apenas 03 (23 por cento) apresentaram imunofluorescencia direta positiva para deposito` de imunocomplexos na membrana basal da conjuntiva. Conclusao: Em nossa amostra, observamos que a imunofluorescencia direta apresentou baixa sensibilidade quando comparada dados da literatura . Sugerimos que te c n ficas complementares coimo a imunoperoxidade seja realizada nos casos em que a imunofluorescencia direta for negativa
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2002. 19 p. ilustab.