O valor do sulfato de deidroepiadrosterona sérico como teste de triagem para o diagnóstico das formas de início tardio da hiperplasia congênita da supra-renal

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002
Autores
Khoury, Marcos Yorghi [UNIFESP]
Orientadores
Baracat, Edmund Chada [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A forma de inicio tardio da hiperplasia congenita da supra-renal pode ser causada pela defiCiência de 21-hidroxilase, de 11b-hidroxilase ou de 3b-hidroxiesteroide desidrogenase. A defiCiência de 21-hidroxilase responde por mais de 90 por cento dos casos de hiperplasia congenita da supra-renal. O diagnostico de certeza e feito por dosagem serica do substrato da enzima deficiente apos o estimulo com ACTI-I. No entanto, este teste e bastante trabalhoso e dispendioso, principalmente se for feito em todas as mulheres hirsutas. O sulfato de deidroepiandrosterona e considerado um androgenio de origem praticamente exclusiva da supra-renal. Avaliamos a presenca das tres formas de inicio tardio da hiperplasia congenita da supra-renal pela dosagem serica de 17a-hidroxiprogesterona, composto S, 17a-hidroxipregnenolona, deidroepiandrosterona, relacao hidroxipregnenolona/17a-hidroxiprogesterona, deidroepiandrosterona/androstenediona, 17ahidroxipregnenolona/cortisol antes e apos o teste de estimulo com ACTH em um grupo de 14 mulheres hirsutas com niveis sericos elevados de sulfato de deidroepiandrosterona e outras 17 mulheres hirsutas com niveis sericos normais de sulfato de deidroepiandrosterona e comparamos com um grupo de mulheres normais (grupo controle). Observamos que duas mulheres hirsutas do grupo com sulfato de deidroepiandrosterona elevado apresentaram a defiCiência de 21-hidroxilase, enquanto nenhuma do grupo com sulfato de deidroepiandrosterona normal tinha qualquer defiCiência das enzimas pesquisadas...(au)
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2002. 90 p. tab.