Show simple item record

dc.contributor.authorBarros, Rosy Ane de Jesus Pereira Araujo [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:02:08Z
dc.date.available2015-12-06T23:02:08Z
dc.date.issued2001
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2001. 93 p. tabgraf.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17893
dc.description.abstractObjetivo: Avaliar o desempenho da Dopplerfluxometria das arterias uterinas, umbilicais e cerebrais medias no curso da gestacao de diabeticas. Correlacionar o padrao do sonograma das arterias uterinas com complicacoes maternas e das arterias umbilicais e cerebrais medias com os resultado perinatais. Pacientes e Metodo: O estudo incluiu 32 gestantes diabeticas referenciadas ao Setor Especializado em Diabetes e Gestacao do Servico de Obstetricia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) no intervalo cronologico de novembro/1999 a novembro/2000, que fizeram uso de insulina para o controle glicemico. Foi estudado a evolucao dos indices de resistencia (IR) e pulsatilidade (IP), dos compartimentos materno, placentario e fetal, ao longo da gestacao e correlacionado a complicacoes maternas: pre-eclampsia e parto pre-termo e perinatais: baixo peso ao nascer, policitemia e internacao em UTI neonatal Resultados: A presenca de incisuras bilaterais nas arterias uterinas foi correlacionada com ocorrencia de pre-eclampsia e de parto pre-termo, com acuracia similar. A sensibilidade do, Doppler foi 40 por cento e 38 por cento ; especificidade de 85 por cento e 88 por cento; VPP de 33 por cento e 50 por cento e VPN foi de 88 por cento e 80 por cento, respectivamente, para tais complicacoes. Para avaliar eventos fetais foram utilizados os IP e IR da arteria umbilical, cerebral media e a ocorrencia de centralizacao de fluxo sanguineo.' O Doppler da arteria umbilical demonstrou baixa sensibilidade (33 por cento, 0 por cento e 25 por cento) e VPP (33 por cento, 0 por cento e 17 por cento) para detectar os eventos perinatais; a especificidade (85 por cento, 77 por cento e 82 por cento) e o VPNI (85 por cento, 77 por cento e 88 por cento) apresentaram valores mais elevados. A Dopplerfluxometria da arteria) cerebral media apresentou sensibilidade (67 por cento, 50 por cento e 75 por cento), especificidade (80 por cento, 77 por cento e 78 por cento) e VPN (91 por cento, 87 por cento e 95 por cento) um pouco melhores para detectar os eventos perinatais, no entanto,' com baixo VPP (55 por cento, 33 por cento e 33 por cento). A presenca de centralizacao do fluxo sanguineo fetal revelou baixa sensibilidade (33 por cento, 17 por cento e 25 por cento) e VPP (50 por cento, 25 por cento e 25 por cento), com elevada especificidade (92 por cento, 88 por cento e 89 por cento) e VPN (85 por cento, 82 por cento e 89 por cento...(au)pt
dc.format.extent93 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectFluxometria por Laser-Dopplerpt
dc.subjectDiabetes Mellituspt
dc.subjectGravidezpt
dc.titleAvaliacao do desempenho da dopplerfluxometria em relacao a complicacoes maternas e perinatais em gestantes com diabetes mellituspt
dc.title.alternativeEvaluate the performance of the dopplerfluxometry of the relation of maternal and perinatal complication of the pregnancy with diabetes mellitusen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.identifier.fileepm-017807.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record