Validacao do teste rapido para detecao de anticorpos anti-leishmania donovani(TRALd) no diagnostico da Leishmaniose visceral canina em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002
Autores
Rocha, Marilia Fonseca [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução e Objetivos: Atualmente uma das grandes questoes no controle da leishmaniose visceral canina (LVC) e encontrar um metodo de diagnostico rapido, economico, de facil aplicabilidade no campo e com excelente sensibilidade e especificidade. Estudos sorologicos realizados sugerem o Teste Rapido para deteccao de Anticorpos contra Leishmania donovani (TRALd) como possivel solucao. Este trabalho visa avaliar o desempenho desse teste na rotina do programa de controle da LVC e no laboratorio. Materiais e Metodos: Foi realizado um inquerito sorologico censitario (estudo transversal) compreendendo 6928 caes domiciliados em quinze bairros de Montes Claros, Minas Gerais, utilizando a tecnica de reacao de imunofluorescencia indireta (RIFI). Para validacao do TRALd identificaram-se, a partir dos resultados do estudo transversal, 321 caes soropositivos e 321 caes soronegativos selecionados atraves de sorteio entre o total de soronegativos. Do total de 642 selecionados, 482 foram submetidos a avaliacao clinica, TRALd realizado no campo, coleta de sangue em papel filtro e seringa, puncao de medula ossea e biopsia de pele. Os resultados do TRALd-campo com sangue total e do TRALd-laboratorio com soro foram comparados com dois padroes ouro constituidos pelas associacoes de metodos diagnosticos, parasitologico direto (medula/pele) com RIFI e ELISA em soro (padrao ouro soro-parasitologico) ou em eluato (padrao ouro eluato-parasitologico). Resultados: A prevalencia global de LVC foi de 4,6 por cento. O TRALd-campo apresentou sensibilidade de 90,9 por cento; especificidade de 57,4 por cento; valores preditivos positivo e negativo ajustados para prevalencia de 5 por cento foram de 10º/a e 99 por cento, respectivamente, e indice de Youden (J) de 0,48. Quanto ao TRALd-laboratorio os parametros apresentados foram sensibilidade de 89,6 por cento; especificidade de 98,4º/a, J de 0,88; valores preditivos positivo e negativo ajustados foram de 75 por cento e 99 por cento, respectivamente, considerando padrao ouro soro-parasitologico. Nao houve diferenca significativa das tecnicas RIFI, ELISA rK39 e ELISA Padrao quando se utilizou eluato ou soro. Conclusao: O TRALd, realizado com soro no laboratorio, pela facilidade de execucao, baixa complexidade e rapidez, apresenta-se como metodo diagnostico da LVC alternativo a RIFI, especialmente para triagem de um...(au)
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2002. 71 p. ilustab.
Coleções