Show simple item record

dc.contributor.authorKatz, Sima Godosevicius [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:01:53Z
dc.date.available2015-12-06T23:01:53Z
dc.date.issued2001
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2001. 161 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17700
dc.description.abstract1. As celulas trofoblasticas gigantes apresentam coexpressao de citoquera, vimentina no periodo mediano da prenhez. 2. A celula trofoblastica gigante degrada colageno. Isto ocorre extracelularmente intracelularmente. 3. Foi detectada atividade de fosfatase acida no espaco extracelular da regi celulas trofoblasticas gigantes. 4. A atividade de enzimas lisossomicas no espaco extracelular da regiao interface das celulas trofoblasticas gigantes e deciduais e intensificada no a 5. A degradacao de colageno na decidua tem inicio no espaco extracelular 6. Foi detectada atividade de fosfatase acida no espaco extracelular das regioes da decidua madura e pre-decidual. 7. A atividade de enzimas lisossomicas no espaco extracelular da regiao de celulas deciduais maduras e intensificada no jejum agudo (a regiao de celulas deciduais maduras e fonte de nutrientes para o embriao). 8. Animais submetidos a percentuais crescentes de restricao alimentar apresentam uma frequencia crescente de fibrilas colagenas no espaco extracelular da regiao de celulas deciduais maduras 9. A celula trofoblastica gigante nao exerce uma acao litica direta sobre a celula decidual. A celula decidual provavelmente apresenta um tipo de morte celular programada, que ocorreria por degeneracao autofagica. 10. As celulas deciduais e trofoblasticas gigantes da interface materno-embrionaria apresentam intima aposicao e se unem por meio de juncoes aderentes em pequenas areas esparsas da regiao de interface. 11. Em animais submetidos a jejum agudo na prenhez mediana nem sempre a mae supre as necessidades do embriao, do 9§ ao 11§ dias de prenhez. 12. Em animais submetidos a jejum agudo na prenhez mediana sugere-se que, em caso de interrupcao da prenhez, isto ocorra devido a nao adaptacao do embriao as condicoes fisiologicas da mae desnutridapt
dc.format.extent161 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectDecíduapt
dc.subjectTrofoblastospt
dc.subjectFosfatase Ácidapt
dc.subjectColágenopt
dc.subjectFilamentos Intermediáriospt
dc.titleAspectos da interação materno-embrionária em camundongos de involução decidualpt
dc.title.alternativeAspects of interation materno-embryo in rabbits, in perid of decidual involutionen
dc.typeTese de livre-docência
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
dc.identifier.fileepm-017534.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt
unifesp.graduateProgramBiologia Estrutural e Funcional – São Paulo


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record