Estudo dos efeitos do condicionamento aerobio e do alongamento na fibromialgia

Show simple item record

dc.contributor.author Valim, Valeria [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:01:52Z
dc.date.available 2015-12-06T23:01:52Z
dc.date.issued 2001
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2001. 117 p. ilustab.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17675
dc.description.abstract Os pacientes com fibromialgia apresentam aptidao fisica cardiovascular diminuida. Ha uma evidencia moderada de que os exercicios fisicos aerobios sao beneficos no tratamento da fibromialgia, mas, os estudos nao ha conseguiram demonstar impacto sobre qualidade de vida em comparacao a um grupo controle. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do condicionamento aerobio e do alongamento na melhora da dor e da qualidade de vida em pacientes com fibromialgia. Estudamos, tambem, uma possivel correlacao entre a melhora na aptidao cardiorrespiratoria e a melhora dos sintomas. Foram incluidas 76 mulheres com fibromialgia (ACR-90), entre 18 e 60 anos. As pacientes foram avaliadas no inicio, apos 10 e 20 semanas de treinamento fisico pelo Fibromialgia Impact Questionnaire (FIQ), Short-Form Healthy Survey (SF-36), Inventario de Ansiedade Traco-Estado (IDATE), Inventario Beck para depressao, escala visual analogica para dor, teste espiroergometrico e banco de Wells. A analise estatistica utilizou teste t e de Mann Whitney, analise de variancia (ANOVA) com medidas repetidas, analise de regressao linear multipla e o teste do qui-quadrado. O condicionamento aerobio foi superior ao alongamento nos parametros FIQ, SF-36 aspectos emocionais, SF-36 Saúde mental, depressao avaliada pelo questionario Beck de depressao, ansiedade avaliada pelo IDATE, escala visual analogica de dor, escore de dor, numeros de pontos dolorosos fisicos, consumo maximo de oxigenio e limiar anaerobio. Os pacientes que receberam alongamento nao melhoraram no questionario Beck de depressao e nos dominios Saúde mental e aspectos emocionais do SF-36. Os beneficios do alongamento ocorreram com 10 semanas e se estabilizaram, enquanto, os do condicionamento aerobio ocorreram com 10 semanas e aumentaram com 20 semanas. Nao houve correlacao entre o aumento do consumo de oxigenio do limiar anaerobio e a melhora dos sintomas. Assim, concluimos que o condicionamento fisico aerobio melhora os sintomas da fibromialgia e e superior ao alongamento na melhora da depressao, ansiedade, dor, funcao e qualidade de vida e que nao estes beneficios nao dependem necessariamente do ganho de aptidao cardiorrespiratoria pt
dc.format.extent 117 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Fibromialgia pt
dc.subject Exercício pt
dc.subject Aptidão pt
dc.subject Aptidão Física pt
dc.title Estudo dos efeitos do condicionamento aerobio e do alongamento na fibromialgia pt
dc.title.alternative Tis study was to compare flexibility with aerobic physical fitness and improving symptoms en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-017509.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account