O aprendizado de autocuidado fisioterapico na prevencao de infeccoes pulmonares de repeticao e na melhora da qualidade de vida em pacientes portadores de bronquiectasia

Show simple item record

dc.contributor.author Vassoler, Carla Alves [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:01:13Z
dc.date.available 2015-12-06T23:01:13Z
dc.date.issued 2000
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2000. 69 p. tab.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17053
dc.description.abstract Introdução: A fisioterapia respiratoria vem sendo empregada no tratamento de doencas respiratorias, principalmente naquelas que cursam com grande producao de secrecao bronquica. Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar o aprendizado e a eficacia de um programa de autocuidado fisioterapico na prevencao de infeccoes pulmonares de repeticao e na melhora da qualidade de vida de pacientes portadores de bronquiectasia, Material e Metodos: Treze pacientes participaram do autocuidado fisioterapico que constava na realizacao de drenagem posturai durante vinte minutos e na tecnica de expiracao forcada apos o termino da drenagem postural, tres vezes ao dia, durante seis meses consecutivos. Antes e apos os 6 meses de participacao no estudo foram avaliadas a espirometria e a qualidade de vida (questionario do Hospital Saint George na Doenca Respiratoria). A avaliacao dos sinais e sintomas respiratorios (escala de Cotes) era realizada a cada consulta (quinzenalmente nos primeiros tres meses e mensalmente nos tres meses seguintes). Resultados: Os resultados apontaram melhora significante nos valores da relacao VEF,/CVF (p = O,027) e nos valores do tempo do fluxo expiratorio 25-75 por cento (p = O,007). Com relacao a qualidade de vida, foram constatadas diminuicoes nos escores em todos os dominios do questionario: sintomas (7,7 por cento), atividade (lO,9 por cento) e impacto (5,1 por cento). Nao houve alteracoes sobre os sinais e sintomas respiratorios e sobre o numero de infeccao pulmonar durante o autocuidado fisioterapico, o que pode ter sido influenciado pela nao total aderencia ao tratamento. Conclusao: Em suma, podemos concluir que, embora os pacientes bronquiectasicos nao tenham aderido totalmente ao programa de autocuidado, ele foi benefico para a melhora da sua qualidade de vida e funcao pulmonar pt
dc.format.extent 69 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Fisioterapia pt
dc.subject Atividades Cotidianas pt
dc.subject Cooperação do Paciente pt
dc.subject Qualidade de Vida pt
dc.title O aprendizado de autocuidado fisioterapico na prevencao de infeccoes pulmonares de repeticao e na melhora da qualidade de vida em pacientes portadores de bronquiectasia pt
dc.title.alternative The learning of physiotherapy sel-care to prevent recurrent pulmonary infections and to improve quality of life in patients with bronchiectasis en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.identifier.file epm-016830.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account