Show simple item record

dc.contributor.authorCouteiro, Gina Paracampo [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:00:49Z
dc.date.available2015-12-06T23:00:49Z
dc.date.issued1999
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 1999. 115 p. ilustab.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16655
dc.description.abstractA hipertrofia ventricular esquerda, isolada ou associada a doencas cardiacas, representa um importante fator de risco cardiovascular. Devido a grande importancia clinica e epidemiologica dessa doenca, e essencial investirmos em pesquisas que contribuam com tratamentos eficazes para diminuir sua morbi-mortalidade. Este modelo experimental de pesquisa teve como objetivo avaliar o comportamento da hipertrofia ventricular esquerda induzida pelo isoproterenol em ratos tratados com amlodipina. Foram estudados 56 ratos Wistar-EPM, machos, adultos, divididos em quatro grupos (n=l4) assim distribuidos: Controle (CON), AML (1Omg/Kg), ISO (O,3mg/Kg) e AML+ISO. Mediram-se: frequencia cardiaca (FC), pressao arterial (PA), peso do ventriculo esquerdo (PSVE), e a relacao do PSVE pelo peso do rato (VE/P). Amostras do ventriculo esquerdo foram retiradas e processadas para estudo morfologico pela microscopia de luz e para histometria. Os resultados mostraram que em relacao a FC e PA, nao houve alteracoes dos padroes nos quatro grupos. Quando avaliados PSVE, e VE/P observou-se diferencas significantes (p > OOS), quando comparado o grupo ISO com os demais grupos. Houve um incremento na massa cardiaca de 39 por cento do grupo ISO em relacao ao grupo CON, e de 14 por cento em relacao ao grupo AML+ISO. Observamos uma protecao miocardica de 25 por cento no grupo AML+ISO, quando comparado com o grupo ISO. No estudo morfologico, verificaram-se alteracoes estruturais de hipertrofia cardiomiocitaria e proliferacao do estroma com depositos de fibras colagenas importantes no grupo ISO e atenuados no grupo AML+ISO. Concluimos que a amlodipina protegeu o miocardio dos ratos das acoes deleterias do isoproterenol, comprovando o efeito protetor que inibiu o crescimento da massa muscular e das fibras do colagenopt
dc.format.extent115 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectHipertrofia Ventricular Esquerdapt
dc.subjectIsoproterenolpt
dc.subjectAmlodipinopt
dc.titleComportamento da hipertrofia ventricular esquerda induzida pelo isoproterenol em ratos tratados com amlodipinapt
dc.title.alternativeBehavior of left ventricular hipertrophy induced by isoproterenol in rats treated with amlodipineen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.identifier.fileepm-016385.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record