Show simple item record

dc.contributor.authorBastos, Carlos Antonio Guimaraes [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:00:47Z
dc.date.available2015-12-06T23:00:47Z
dc.date.issued1999
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 1999. 100 p. tab.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16627
dc.description.abstractNo presente trabalho , sao estudados, seis pacientes que desenvolveram quadro clinico de apoplexia hipofisaria, quanto ao conceito atual da sindrome e ao quadro clinico, diagnostico, tratamento e resultados sendo estes comparados com o resultado de treze series descritas na literatura. Em relacao ao conceito de apoplexia, cinco dos seis pacientes estudados pelo autor apresentaram quadro clinico tipico de apoplexia, caracterizado por cefaleia subita, paralisia de pares cranianos e/ou deficit visual. Um paciente apresentou quadro subito de diplopia e perda visual, sem cefaleia. Com relacao aos sintomas clinicos, a cefaleia foi o sintoma mais comum, presente em mais de 80 por cento dos pacientes estudados pelo autor e tambem nos pacientes das treze series estudadas na literatura, seguida do deficit da acuidade e do campo visual e da paralisia de pares cranianos. O diagnostico complementar foi realizado em todos os pacientes estudados com a tomografia computadorizada do cranio que foi positiva para adenoma em todos eles, demonstrando sangramento recente em tres deles, infarto em dois pacientes e adenoma com hemorragia subaracnoidea em um paciente. Quanto ao tratamento, dos seis pacientes estudados, quatro foram a cirurgia, tres por via transesfenoidal e um por cirurgia transcraniana, obtendo todos bons resultados. Os dois pacientes tratados clinicamente foram a obito. Estes dados estao de acordo com aqueles encontrados na revisao da literatura em que os melhores resultados ocorreram nos pacientes tratados com cirurgia transesfenoidal e nestes, nos que foram operados precocemente. O deficit endocrinologico pos-operatorio esteve presente nos quatro pacientes tratados cirurgicamente, o que tambem esta de acordo com a revisao da literatura, em que cerca de mais de 89 por cento dos pacientes apresentaram, pelo menos, o deficit de um hormonio hipofisario. Os melhores resultados, tanto na serie dos seis pacientes quanto na revisao da literatura, foram obtidos nos pacientes tratados cirurgicamente de forma precoce, principalmente os pacientes com deficit importante da acuidade visualpt
dc.format.extent100 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectHipófisept
dc.subjectTranstornos Cerebrovascularespt
dc.subjectAdenomapt
dc.subjectHemorragiapt
dc.titleApoplexia hipofisariapt
dc.title.alternativePituitaey apoplexyen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.identifier.fileepm-016350.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record