Analise do comportamento do eixo hipotalamo-hipofise-gonodal em mulheres com fibromialgia durante o sono

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1999
Autores
Paula, Ana Patricia de [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: A fibromialgia e uma sindrome dolorosa cronica com predominancia bem definida no sexo feminino, ressalta-se que a maioria dos pacientes queixa-se de sono nao restaurador. Objetivo: Estudar o comportamento do eixo hipotalamo-hipofise-gonadal em mulheres com fibromialgia durante o sono. Metodos: Foram estudadas vinte e duas pacientes com fibromialgia (quinze estavam na pos-menopausa e sete apresentavam ciclos menstruais regulares). O protocolo de estudo incluiu historia clinica e exame fisicos completos. As pacientes compareceram ao laboratorio de estudos do sono para uma primeira noite de adaptacao, retomando na noite seguinte, para realizacao de registro polissonografico. A cada intervalo de quinze minutos apos o inicio do sono coletava-se 3 ml de sangue para medir o FSH e o LH. Em intervalos de uma hora, amostra adicional era obtida para dosagens de estradiol, de progesterona e de testosterona. A avaliacao das pacientes na pos-menopausa foi realizada em uma unica ocasiao. Aquelas no menacme foram estudadas nas fases folicular precoce e tardia. Doze mulheres sadias controladas quanto a idade (sete das quais na pos-menopausas e cinco apresentando ciclos regulares), estudadas como grupo controle, seguiram a mesma metodologia descrita para as pacientes. A analise das series temporais de FSH e de LH foi baseada no metodo Cosinor. Para a analise de estradiol, da progesterona e da testosterona ao longo da noite de sono, utilizou-se a analise de variancia (ANOVA) de uma via para medidas repetidas. A comparacao entre os grupos de pacientes e de mulheres saudaveis foi realizada com o teste Mann-Whitney. Atraves do Teste T de Student foram comparados os parametros da polissonografia. Resultados: As mulheres com fibromialgia, tanto na fase folicular precoce quanto na pos-menopausa, apresentaram uma maior lentificacao na periodicidade de secrecao do LH. Na analise dos outros hormonios estudados nao foi encontrada qualquer diferenca no comportamento ao longo do tempo. Da mesma forma, nenhuma diferenca foi identificada quanto aos valores hormonais. Os parametros do sono tambem nao demonstraram diferencas entre os grupos de pacientes e mulheres sadias. Conclusao: A lentificacao no padrao de secrecao do LH, durante as horas de sono, em pacientes com fibromialgia pode estar relacionada com a apresentacao clinica desta sindrome
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1999. 203 p. ilustab.
Coleções