Transtorno obsessivo-compulsivo e comorbidade: um estudo caso-controle

Show simple item record

dc.contributor.author Miranda, Mary Alves [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:00:42Z
dc.date.available 2015-12-06T23:00:42Z
dc.date.issued 1999
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 1999. 200 p. tab.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16544
dc.description.abstract Introdução: A escolha do transtorno obsessivo-compulsivo como ponto de partida para o estudo da comorbidade psiquiatrica foi bastante propicia, pois o TOC foi e continua sendo objeto de interesse de estudiosos das mais diversas areas do conhecimento, pelo fascinio despertado por sua psicopatologia e sua intima conexao com a dimensao afetiva. Objetivos: Identificar as entidades comorbidas presentes em casos e controles, determinando sua frequencia na atualidade e ao longo da vida; examinar a magnitude da associacao entre TOC e os transtornos comorbidos atuais e longitudinais; verificar a comorbidade no TOC examinando associacoes com transtornos dos espectros do humor, ansiedade, abuso e dependencia de substancias e TOC ao longo da vida; estudar a historia natural da comorbidade em pacientes com TOC, descrevendo a sequencia de instalacao e evolucao das entidades nosologicas ao longo da vida; rastrear os transtornos envolvidos na dimensao afetiva, investigando a associacao de transtornos fobicos e TOC com transtornos do espectro humor; verificar a interferencia da gravidade do TOC, anos de duracao do TOC e numero de diagnosticos psiquiatricos (comorbidade ao longo da vida e no momento atual) no funcionamento socio-ocupacional. Metodo: Desenho: Estudo caso-controle. Local: Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina: Departamento de Psiquiatria (Programa de Atendimento aos Pacientes Portadores de Disturbio Obsessivo Compulsivo - PRODOC) e Departamento de Oftalmologia (Ambulatorio de Refracao). Participantes: Casos: todos os pacientes com diagnostico primario de TOC segundo criterios do DSM-IV (N = 42) atendidos no PRODOC de maio a outubro de 1996. Controles: pacientes com comprometimento da acuidade visual (N = 42) selecionados aleatoriamente entre a clientela atendida no Ambulatorio de Refracao de agosto a dezembro de 1996. Casos e controles foram pareados segundo sexo, idade e escolaridade. Foram excluidos da amostra individuos com comprometimentos auditivos ou verbais suficientemente graves que impossibilitassem a entrevista. TOC e retardo mental constituiram criterios de exclusao apenas no grupo controle. A coleta de dados baseou-se em avaliacao psiquiatrica de casos e controles (entrevistas individuais com os pacientes e entrevistas conjuntas com a familia quando necessario), consultas a prontuarios do PRODOC e entrevistas com psiquiatras responsaveis pelo atendimento dos casos. Instrumentos: Entrevista ...(au) pt
dc.format.extent 200 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Transtorno Obsessivo-Compulsivo pt
dc.subject Diagnóstico Duplo (Psiquiatria) pt
dc.subject Transtornos de Ansiedade pt
dc.subject Ajustamento Social pt
dc.subject Transtornos do Humor pt
dc.title Transtorno obsessivo-compulsivo e comorbidade: um estudo caso-controle pt
dc.title.alternative Obsessive-compulsive disorder and comorbidity: a case control study en
dc.type Tese de doutorado
dc.identifier.file epm-016265.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account