Impacto de un protocolo de fisioterapia sobre a qualidade de vida de idosos com osteoartrite de joelhos

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1999
Autores
Dias, Rosangela Correa [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O impacto de um protocolo de fisioterapia sobre a qualidade vida de idosos com osteoartrite (OA) de joelhos na populacao brasileira nao esta documentado. Comparamos as mudancas na gravidade da OA e nas medidas de qualidade de vida entre um grupo controle (n=23), que participou de uma sessao educacional, e um grupo experimental (n=24), que participou desta sessao e recebeu um protocolo de exercicios terapeuticas e caminhadas, durante 6 semanas. Contrastamos os resultados do SF-36 da amostra com os da populacao saudavel e de outras patologias. Quarenta e sete sujeitos, com idades entre 65 e 89 anos, completaram o estudo. A gravidade da OA foi medida pelo indice de Lequesne e a qualidade de vida pelo Health Assessment Questionnaire (HAQ) e pelo Medical Outcomes Short-form Health Survey (SF-36). A gravidade do exame radiologico dos joelhos foi criterio para o pareamento dos sujeitos nos grupos, que foram avaliados, por um observador independente, no inicio do estudo, apos 3 e 6 meses. Nas comparacoes ao longo do tempo, entre sujeitos do grupo controle, nao houve diferencas estatisticamente significantes, exceto no SF-36 para dor e Saúde mental. Entre os sujeitos do grupo experimental, houve melhora, exceto no SF-36 para estado geral de Saúde, vitalidade, aspectos sociais, aspecto emocional e Saúde mental. Nas comparacoes entre os grupos, houve diferencas estatisticamente significantes apos 3 e 6 meses em todos os instrumentos, exceto para os componentes vitalidade (3 meses), aspectos sociais, aspecto emocional e Saúde mental. Os resultados deste estudo demonstraram que o protocolo aplicado parece ter um impacto positivo na qualidade de vida de pessoas com OA de joelhos
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1999. 141 p.
Coleções