Estudo morfológico de fetos e placentas de ratas sob a ação do etanol e/ou ácido acetilsalicílico

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1998
Autores
Macedo, Pedro Hamilton Guimarães [UNIFESP]
Orientadores
Fagundes, Djalma José [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O alcoolismo caracteriza-se como uma doenca bem definida e com um quadro clinico caracteristico e afeta 2 a 3 por cento das mulheres em idade reprodutiva. O objetivo deste estudo foi estudar a morfologia de fetos e placentas de ratas sob acao do etanol e/ou Acido acetllsalicilico ( AAS ). Utilizamos 11O ratos ( Ratttus Norvegicus Albinus ), da linhagem Wistar e 28 ratos, machos. Distribuimos em 6 grupos : Grupo I (salina/salina), Grupo H (salina/etanol), Grupo III(AAS 2OO/etanol), Grupo IV( AAS 5OO/etanol), Grupo V ( AAS 200/ salina) e Grupo VI ( AAS 500/ salina ). Como parametros de observacao avaliou-se fetos , placenta e rim de forma macroscopica e microscopica. Foram aplicados como testes estatisticos MANN-WHITNEY, Teste t de Student e Teste Exato de FISHER. Como resultados demonstrou-se no que tange a presenca de malformacoes , que a presenca foi significante ( 60 por cento ) no Grupo 11 ( salina/etanol) quando comparado ao Grupo III( AAS 2OO/etanol) que nao apresentou malformacoes. Concluimos que ambas as drogas isoladamente ou em interacao, na dependencia da dose, podem causar alteracoes morfologicas no feto e placenta de ratas e as alteracoes morfologicas fetais foram mais frequentes em ratas submetidas a acao do etanol isoladamente, do que na interacao AAS/etanol
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1998. 79 p. ilustab.