Show simple item record

dc.contributor.authorPaiva, Patricia Maria Guedes [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:00:01Z
dc.date.available2015-12-06T23:00:01Z
dc.date.issued1998
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 1998. 151 p. ilustab.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15976
dc.description.abstractUma atividade endopeptidasica (Cm-endopepbdase), uma atividade aminopeptidasica (Cm-aminopeptidase), isoinibidores de tripsina (CmTIl e CmTI2) e uma proteina tipo vicilina (cratilina) foram isoladas e parcialmente caracterizadas de sementes de Cratylia moiiis. Cm-endopepbdase hidrolisa Bz-Arg-p-Nan e Ac-Phe-Arg-p-Nan, e termosenslvel, seu pH otimo de acao situa-se entre 7,5 e 8,0 e massa molecular estimada e 80.000. Eletroforese em gel de poliacrilamida, em presenca de DTT, revelou uma banda de massa molecular 45.000. Em cromatografia de fase reversa, em coluna de C-18, Cm-endopepddase apresentou um tempo de retencao de 24 minutos. A atividade em presenca de agentes quelantes, inibidores e reagentes grupos -SH indica que a enzima e uma serinoproteinase que pode depender de metal e talvez tenha um grupo SH importante para a sua estrutura. A hidrolise de Bz-Arg-p-Nan foi estudada em presenca de metais e foi apenas parcialmente inibida por ions de zinco. A preparacao de Cm-endopepbdase apresentou atividade proteolitica sobre caserna e hidrolisou a ligacao Phe-Ser da bradicinina, Lys-bradicinina e Met-Lys-bradicinina; TPCK inibiu parcialmente a hidroiise de bradicinina. Cm-amjnopepddase hidrolisa preferencialmente Leu-b-Na e, semelhante a endopeptidase, e termosensivel, o pH otimo de acao situa-se na faixa de pH alcalino, e ocorre com massas moleculares de 80.000 e 45.000, na ausencia e na presenca de agente redutor, respectivamente. A cromatografia de fase reversa en coluna de C-18 revelou que a enzima e mais hidrofobica que Cm-endopepbdase, sendo eluida aos 30 minutos. A atividade aminopeptidasica foi parcialmente inibida por bestatina e puromicina e foi sensivel a metais, sendo totalmente abolida em presenca de zinco e parcialmente inibida com calcio, cobalto, magnesio e manganes. CmTI isolado por diferentes procedimentos, inclusive cromatografia em tripsina-Sepharose, e estavel na faixa de pH de 2,0 a 10,0 e em diferentes temperaturas. Da cromatografla de gel filtracao foi isolado o dimero do inibidor, com massa molecular 21.000. A eletroforese em gel de poliacrilamida revelou que o monomero tem massa molecular 11.000. Da cromatografia de fase reversa foram isoladas duas formas do inibidor e cujas estruturas primarias apresentaram alta homologia entre si mesmas e com inibidores da familia Bowman-Birk. Em relacao a sitios reativos, os isoinibidores diferem apenas quanto ao segundo sitio...(au)pt
dc.format.extent151 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectSerina Proteasespt
dc.subjectInibidores de Proteasespt
dc.subjectSequência de Aminoácidospt
dc.subjectSementespt
dc.titleCaracterizacao de proteases, inibidores de proteases e uma proteina de reserva (cratilina) de sementes de Cratylia mollispt
dc.title.alternativeCharacterization of protease, protease inhibitors and a storage protein (cratilin) from Cratylin mollis seedsen
dc.typeTese de doutorado
dc.identifier.fileepm-015653.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record