Show simple item record

dc.contributor.authorSilveira, Antonio Cesar Mezencio [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T22:59:54Z
dc.date.available2015-12-06T22:59:54Z
dc.date.issued1997
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 1997. 80 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15865
dc.description.abstractO autor realizou estudo macroscopico e morfometrico do tendao tibial posterior utilizando 38 tendoes normais colhidos em necropsias ou em pecas amputacao de individuos adultos de ambos os sexos com idade variando de 18 a 86 anos, sem evidencias, ao exame fisico, de doencas ao nivel do pe ou tornoz excluindo-se tambem individuos obesos, diabeticos ou portadores de vasculopatia. O tendao foi examinado quanto ao aspecto macroscopico geral, c irregularidades na sua conformacao ou variacoes da normalidade, procurando-se correlacionar tais achados com a faixa etaria dos individuos. Foi tambem estudada superficie de corte do tendao no seu aspecto as seccoes transversa e longitudinal, n regioes proximal, media e distal. Os tendoes foram ainda submetidos a uma tracao centripeta, constatando-se que os mesmos sob esta condicao apresentam uma area acotovelamento que se situa a aproximadamente 3,0 cm da insercao ao nivel navicular. O estudo morfometrico compreendeu a determinacao das medidas comprimento, diametros maior e menor e areas de seccao transversa nas regiao proximal, media e distal do tendao tibial posterior e suas correlacoes com as diferentes faixas etarias. Constatou-se que: I) a forma aproximada do tendao a seccao transversa e a de uma elipse-, 2) existe diferenca significativa das dimensoes transversais entre as tres regioes do tendao (proximal, media e distal), sendo que as medidas menores se encontram na regiao media, as medidas maiores na regiao distal e as medidas intermediarias na regiao proximal; 3) a idade dos individuos e um fator que influencia a maior parte das medidas realizadas, sendo que os individuos com idade superior a 60 anos apresentam dimensoes em media maiores que os demais grupos tanto no comprimento quanto nos diametros e, como consequencia, na area do seccao transversa; 4) em todos os tendoes avaliados observou-se uma torcao do mesmo ao longo do seu eixo longitudinalpt
dc.format.extent80 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectTendões/anatomia & histologiapt
dc.subjectTendõespt
dc.titleEstudo macroscopico e morfometrico do tendao tibial posteriorpt
dc.title.alternativeMacroscopic and morphometric studies of the posterior tibial tendonen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.identifier.fileepm-015536.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record