Show simple item record

dc.contributor.advisorSantos, Oscar Fernando Pavão dos [UNIFESP]
dc.contributor.authorVattimo, Maria de Fatima Fernandes [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T22:59:41Z
dc.date.available2015-12-06T22:59:41Z
dc.date.issued1998
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 1998. 96 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15681
dc.description.abstractDurante o desenvolvimento renal muitas proteases sao secretadas nos ambientes intra e extracelular para participarem da remodelacao da matriz extracelular (MEC). A proteolise tem sido tambem relacionada a eventos estimulatorios e inibitorios determinados por fatores de crescimento durante a nefrogenese. Foram utilizados neste estudo tecnicas de cultura de rim embrionario, identificacao genica atravesdo metodo de PCR pela reverse transcriptase (rtPCR) e a cultura tridimensional de celulas em gel de colageno I. Observou-se que o desenvolvimento embrionario renal e fortemente afetado pelas catepsinas S e H que funcionam como mediadores da atividade de fatores de crescimento com o HGF, NGF e o TGF-b em mecanismo variavel do ponto de vista de dose e local de acao, assegurando alta especificidade destes polipeptideos durante os eventos de crescimento e diferenciacao. A expressao das catepsinas S e H durante o crescimento do rim embrionario varia de acordo com a idade gestacional do orgao, de tal forma que se observa expressao mais evidente destas enzimas em idades mais tardias para a catepsina S e mais precoce para a catepsina H, dando espaco para atuacao de outras mol[eculas estimuladoras de crescimento nas idades em que eslas estao ausentes. Os inibidores de cisteino-proteases E-64 e Leupeptin adicionados ao meio de cultura de rins embrionarios em cultivo determinou alteracoes significativas de crescimento naqueles orgaos. A aplicacao de modelos ja bem estabelecidos de tubulogenese, como a cultura de celulas MDCK e IMCD em gel de colageno tipo I, com meios tratados com os fatores de crescimento EGF e HGH isoladamente ou em associacao aos inibidores E-64 e Leupeptin foi providente na medida em se observou reducao significante na ramificacao induzida pelo HGF nos ensaios com o E-64 em ambas linhagens celulares. Diferentemente, o Leupeptin causou alteracao apenas na complexidade da ramificacao por provavel inibicao dos processos celulares. Este estudo sugere que, atraves das tecnicas de rtPCR, cultivo de orgao embrionario e modelo de nefrogenese com cultura tridimensional de celulas MDCK e IMCD, as catepsinas S e H estao fortemente envolvidas no evento de tubulogenese induzido por fatores de crecimento especificospt
dc.format.extent96 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectRim/crescimento & desenvolvimentopt
dc.subjectCatepsinaspt
dc.subjectSubstâncias de Crescimentopt
dc.subjectKidney/growth & developmenten
dc.subjectCathepsinsen
dc.subjectGrowth Substancesen
dc.titleEmbriogênese renal de ratos: participação das catepsinas S e H, correlação com fatores de crescimentopt
dc.title.alternativeEmbryonic kidneys of rats: participation of cathepsins S and H, correlation with growth factorsen
dc.typeTese de doutorado
dc.identifier.fileepm-015341.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record