Comparação a longo prazo entre a facectomia extracapsular combinada à trabeculectomia e à facotrabeculectomia

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002-12-01
Autores
Mandia Jr., Carmo
Kasahara, Niro
Seixas, Francisco Soares [UNIFESP]
Paolera, Maurício Della
Almeida, Geraldo Vicente De
Cohen, Ralph
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Purpose: To compare the safety and efficacy of extracapsular cataract extraction (ECCE) combined with trabeculectomy and combined phacoemulsification/trabeculectomy. Methods: The records of 46 patients (53 eyes) who underwent combined glaucoma and cataract surgery at the Santa Casa de São Paulo between January 1996 and November 1999 were reviewed. Results: After a mean follow-up of 18 months, visual acuity improved and intraocular pressure decreased in both groups after surgery (P<0.05). In the phacofiltration group 55.5% of eyes achieved intraocular pressure < 22 mmHg without medication as compared to 46.1% in the extracapsular cataract extraction/trabeculectomy group (P=0.3). Conclusion: Both techniques proved to be safe and efficacious in the treatment of glaucoma and cataract. However, the phacofiltration surgery seems to promote lower intraocular pressure without additional medication in a larger number of eyes.
Objetivo: Comparar os resultados a longo prazo entre a cirurgia extracapsular da catarata combinada à trabeculectomia (FEC/TREC) e a facotrabeculectomia (FACO/TREC). Métodos: Os prontuários de 46 pacientes (53 olhos) submetidos à cirurgia combinada na Santa Casa de São Paulo entre janeiro de 1996 e novembro de 1999 foram revisados; dados relativos à pressão ocular (PO), acuidade visual (AV) e número de medicações foram analisados. Resultados: Em ambos os grupos, após seguimento médio de 18 meses, a acuidade visual melhorou e a pressão ocular diminuiu em relação aos valores pré-operatórios (P<0,05); 55,5% no grupo da facotrabeculectomia e 46,1% no grupo da catarata combinada à trabeculectomia obtiveram a pressão ocular final menor que 22 mmHg sem medicação (P=0,3). Conclusão: Ambas as técnicas são eficazes no tratamento simultâneo do glaucoma e da catarata. Entretanto, a facotrabeculectomia parece promover pressão ocular menor sem a necessidade do uso de medicações hipotensoras oculares em maior número de pacientes.
Descrição
Citação
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 65, n. 6, p. 641-644, 2002.