Avaliação prognóstica dos aneurismas intracranianos pelo estudo do grau clinico, tomografia computadorizada e angiografia cerebral

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1997
Autores
Gallo, Pasquale [UNIFESP]
Orientadores
Bonatelli, Antonio de Pádua Furquim [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Embora sejam inumeras as publicacoes sobre o prognostico dos aneurismas intracranianos utilizando uma metodologia cada vez mais sofisticada, este trabalho tende a demonstrar que os parametros mais elementares sao os mais confiaveis para o prognostico. Com a finalidade de compreender e quantificar este prognostico foram estudados prospectivamente 100 pacientes com quadro compativel clinicamente de HSA e confirmado por diversos metodos diagnosticos no Servico de Neurocirurgia do Hospital Cristo Redentor, Porto Alegre, entre outubro de 1992 e outubro de 1995. Todos os pacientes foram classificados pelo grau clinico, pela presenca ou ausencia de sangue na TC, e pela presenca ou ausencia de vaso espasmo angiografico, tendo sido estes exames realizados tao precocemente quanto possivel, de acordo com o estado clinico do paciente. A cirurgia foi realizada assim que as condicoes clinicas o permitissem e foram seguidos pelo periodo de 6 meses, tendo sido os resultados comparados com diversos fatores que foram analisados. Estes resultados mostraram que a incidencia de aneurismas e maior nas mulheres, atinge com maior frequencia a faixa etaria entre a 4ª e 6ª decadas, sendo que 72% obtiveram ER, 19% BR, e 9% MR . Foi possivel constatar que a correta observacao do GC, da TC e da AC, tanto isoladamente quanto em conjunto, nos forneceram uma quantidade expressiva de informacoes, capaz de nos indicar um prognostico nos resultados pos- cirurgicos bastante confiavel. A literatura existente em cada variavel examinada foi comparada aos resultados do autor e foi exaustivamente revisada
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 1997. 73 p.