Auto-estima dos alunos de graduação de enfermagem

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002-10-01
Autores
Vianna, Lucila Amaral Carneiro [UNIFESP]
Bomfim, Graziela Fernanda Teodoro [UNIFESP]
Chicone, Gisele [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
This study evaluates the self-esteem of undergraduate students of nursing, that through a workshop developed mechanisms for improving their self-esteem, considering that this is the most propitious time for students to multiply health care actions. METHODOLOGY: the research was carried out with 156 undergraduate students of the third year. Socio-drama techniques of Neurolinguistics were used and the evaluation was done according to Minayo. It was possible to observe that students usually confuse self-esteem and self-image, and that both are stereotyped for for men and women. As nurses are always worried about the clientlpatient's life quality, they neglect themselves. ln this case, the Workshops were essential for the students to rescue interior knowledge about themselves, and to realize that in order to take good care of clients / patients, they must be physically and psychologically healthy.
El estudio evalúa la autoestima de los alumnos de enfermería, a través de talleres desarrollaron mecanismos para mejorar la autoestima. Se cree que sería la etapa más propicia para transformarse en agentes multiplicadores de las acciones de salud. METODOLOGÍA: Fue ejecutado con 156 alumnos dei tercer afio. Se utilizaron las técnicas dei socio drama, neurolinguística y la evaluación que elaborada según Minayo. Los resultados demostraron que la autoestima normalmente es confundida con auto imagen que estos son estereotipados y por ambos sexo. El profesional de Enfermería descuida de si misma por encontrarse y preocupada con el bienestar y la calidad de vida dei paciente / cliente. En este estudio, el taller fue esencial porque permitió a los alumnos conocerse a sí mismos, y que para brindar atención eficaz a los pacientes/clientes, deben gozar de buena salud física y psicológica.
Este estudo avalia a auto-estima dos alunos de Graduação em Enfermagem, que por meio da Oficina desenvolvem mecanismos para melhoria da auto-estima, acreditando ser a fase mais propícia para se tornarem multiplicadores das ações de saúde. METODOLOGIA: foi realizado com 156 alunos do 3º ano. Foram utilizadas técnicas do sociodrama, da neurolingüística e a avaliação foi elaborada segundo Minayo. Foi possível verificar que a auto-estima é normalmente confundida com a auto-imagem e estas são estereotipadas, em ambos os sexos. Por estar voltado e preocupado com o bem estar e a qualidade de vida do cliente / paciente, o profissional de enfermagem negligencia a si próprio. Neste caso, a Oficina, foi essencial para que os alunos pudessem resgatar maior conhecimento interior sobre si, e que para prestar assistência eficaz aos clientes/pacientes, devem estar saudáveis física e psicologicamente.
Descrição
Citação
Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 55, n. 5, p. 503-508, 2002.