Calcificação intracraniana occipital bilateral, epilepsia e doença celíaca: relato de caso

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002-09-01
Autores
Santos, Carlos Henrique Souza [UNIFESP]
Almeida, Iara Leda Brandão de [UNIFESP]
Gomes, Maria Durce Costa [UNIFESP]
Serafim, Alexandre [UNIFESP]
Pereira, Mariana Machado [UNIFESP]
Muszkat, Mauro [UNIFESP]
Rizzutti, Sueli [UNIFESP]
Patricio, Francy Reis da Silva [UNIFESP]
Miranda, Mônica Carolina [UNIFESP]
Vilanova, Luiz Celso Pereira [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
We report a case of a six-year-old girl with frequent diarrhea episodes associated with ferroprive anemia from 6 months of age, normal neuromotor development and partial seizures initiated in her 3rd year which was controlled with carbamazepine. CT scan in her 5th year of age demonstrated gyral calcifications in the occipital and posterior parietal regions bilaterally. MRI has shown low signal areas in the axial T2 sequences corresponding to the gyral calcifications evident on the CT. Blood investigation for coeliac disease with antigliadin, endomysial and transglutaminase antibodies was positive and the intestinal biopsy has showed villous atrophy associated with an increased number of intraepithelial lymphocytes and hypertrophic criptae compatible with coeliac disease.
Relatamos o caso de uma menina com 6 anos de idade que apresentava episódios recorrentes de diarréia desde os 6 meses de vida associada a anemia ferropriva com desenvolvimento neuromotor normal. Aos 3 anos de idade começou a apresentar crises parciais que foram controladas com carbamazepina. Tomografia computadorizada de crânio aos 5 anos demonstrou calcificações girais grosseiras nas regiões occipital e parietal posterior bilateralmente. A ressonância magnética de crânio evidenciou áreas de hipossinal em T2 na região parieto-occipital bilateralmente. Realizou investigação para síndrome de mal absorção incluindo estudo da função digestivo/absortiva (teste D-xilose), avaliação sorológica (anticorpos antigliadina, antiendomísio e antitransglutaminase) e biopsia de intestino delgado que demonstrou intensa atrofia de vilosidades com infiltrado linfoplasmocitário no córion compatível com doença celíaca.
Descrição
Citação
Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 60, n. 3B, p. 840-843, 2002.
Coleções