Resultados a longo prazo do uso de drogas antiproliferativas na trabeculectomia primária

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2002-08-01
Autores
Norris, Eleonore J. [UNIFESP]
Schiffman, Joyce C.
Palmberg, Paul F.
Mello, Paulo Augusto de Arruda [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Purpose: To evaluate and compare long-term outcomes of trabeculectomies with subconjunctival injections of 5-fluorouracil (5-FU) after sugery or use of mitomycin C (MMC) during surgery. Methods: Retrospective study of 133 eyes who underwent primary trabeculectomy. Results: Intraocular pressure levels were not statistically significant at any of the postoperative visits when comparing the 5-fluorouracil and mitomycin C groups. In each group, analyzed separately, the intra-ocular pressure levels showed no statistically significant difference before or after surgery. The incidence of postoperative complications was not statistically significant as well, except for a greater incidence of the corneal epithelial defects, more frequent in the 5-fluorouracil group. In both groups, a greater incidence of development/progression of cataract was noted. Conclusion: Both mitomycin C and 5-fluorouracil promoted an important and stable decrease in intraocular pressure with similar complication rates.
Objetivo: Avaliar comparativamente a longo prazo os resultados cirúrgicos de trabeculectomias nas quais foram utilizadas injeções subconjuntivais de 5-fluorouracil (5-FU) no pós-operatório ou aplicações de mitomicina C (MMC) peroperatória. Métodos: Estudo retrospectivo de 133 olhos submetidos a trabeculectomia primária. Resultados: A pressão ocular não apresentou valores estatisticamente significantes em nenhuma das visitas de pós-operatório quando comparados os grupos em que se utilizou a mitomicina C ou 5-fluorouracil. Em cada um dos grupos analisados separadamente, os níveis da pressão ocular não apresentaram diferenças estatisticamente significantes nos períodos pré e pós-operatório. A incidência de complicações pós-operatórias também não apresentou diferença estatisticamente significante à exceção de alterações epiteliais na córnea, mais freqüentes no grupo tratado com 5-fluorouracil. Nos dois grupos, destacou-se a elevada incidência de desenvolvimento/progressão de catarata. Conclusão: O uso de mitomicina C ou 5-fluorouracil promoveu redução importante e estável da pressão ocular, com índices de complicações semelhantes.
Descrição
Citação
Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 65, n. 4, p. 409-413, 2002.
Coleções