Ligadura com algodão e com grampos de titânio em artérias de cães: estudo experimental em máquina simuladora de pressão

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2001-12-01
Autores
Soares, Adriano Leite [UNIFESP]
Goldenberg, Saul [UNIFESP]
Novo, Neil Ferreira [UNIFESP]
Lima, Cirilo Antônio De Paula [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
The development of the video laparoscopic surgery has brought the necessity of standardizing the artery ligation with titanium clips in order to minimize operation time. The aim of this study is to investigate and compare the arterial ligation with cotton thread, and also with one, two or three titanium clips. Consequently, eigthy arteries of twenty mongrel s dogs were utilized. Each of the dog had their right and left axillary arteries, as well as the rigth and left femoral arteries used. Those arteries had been previously distributed in 4 groups, being previously chosen by lot and in turns. After arterial dissection and ligation, the arteries were submitted to 100 mmHg and 300 mmHg of pressure, and a pulsation rate of 70 bumps per minute, that was obtained by an arterial pressure simulation machine. There was a liquid escape from 3 arteries, which belonged to the one-titanio-clip group. This escape, that is statistically significant occurred in less than 15 minutes. Furthermore, the results show that the arterial ligation with one titanio clip has a great probability of escaping, contrary to the ligation done with cotton thread, as well as the ones done with two or three titanium clips. Therefore, there is no difference between the ligation with cotton thread and two or three titânio clips, if they are submited to 300 mmHg of pressure and a pulsation rate of 70 bumps per minutes.
O desenvolvimento da cirurgia video-laparoscópica trouxe a necessidade de tornar convencional a ligadura artérial com grampos de titânio para a diminuição do tempo operatório. Com o objetivo de investigar e comparar a ligadura artérial com algodão zero e com um, dois e três grampos de titânio, foram utilizadas 80 artérias de 20 cães da espécie Canis Familiaris. De cada cão, utilizaram-se as artérias axilares direita e esquerda e femorais direita e esquerda, que foram distribuídas em quatro grupos, mediante sorteio prévio e rodízio. Após a dissecção artérial e ligadura, as artérias foram submetidas a uma pressão de 100 mmHg e de 300 mmHg, e a uma pulsação de 70 batimentos por minuto, conseguida por meio de uma máquina simuladora da pressão artérial. Houve extravasamento em três artérias, todas pertencentes ao grupo de ligadura com um grampo de titânio. Este extravasamento é estatisticamente significante e ocorreu em até 15 minutos após o início de funcionamento da máquina. Com os resultados, conclui-se que a ligadura artérial com um grampo de titânio tem maior probabilidade de extravasar do que a ligadura com dois ou três grampos de titânio, e a ligadura com fio de algodão zero, em cães. Não há diferença entre a ligadura artérial com fio de algodão e com dois ou três grampos de titânio, quando submetidas a pressão de 300 mmHg e pulsação de 70 batimentos por minuto, em cães.
Descrição
Citação
Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 16, n. 4, p. 218-225, 2001.
Coleções