Fatores hepatotróficos e regeneração hepática. Parte II: fatores de crescimento

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2001-12-01
Autores
Gorla Junior, José Antonio
Fagundes, Djalma José [UNIFESP]
Parra, Osório Miguel
Zaia, Cássia Thaís Bussamra Vieira
Bandeira, César Orlando Peralta
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Several identifyed substances are involved with liver proliferative process, somatomedines (growth factors) among them. The most of them show different actions, stimulating or inhibiting cell division, depending on their concentrations. The following factors play important role on the liver: HGF; EGF; TGF-alpha; TGF b ; Interleucin-6; IGF; FGF; VEGF; KGF; HSS e ALR. The combined action of HGF, TGF-alpha, IL-6, TNF-alpha, norepinephrin and EGF, allows insulin, glucagon and also EGF to express their effects. HGF seems to be essential and constitutes, maybe, the main trigger of this process, generating endocrine signal wich strongly ativates mitogenesis in the hepatocytes primmed by EGF, IL-6, insulin, remainig matrix matriz and others, leading to DNA synthesis. EGF probably participates of initial events imediately after partial hepatectomy. Besides their actions upon the liver, FGF, VEGF and KGF propably play role in the tissue recovering processes.
Várias substâncias identificáveis estão implicadas no processo de crescimento hepático, entre elas os fatores de crescimento. A maioria deles possui diferentes ações, estimulando a proliferação de células, ou mesmo inibindo na dependência de suas concentrações. Dentre os fatores de crescimento, ou somatomedinas, com ação sobre o fígado pode-se destacar: HGF; EGF; TGF-alpha; TGF b ; Interleucina 6; IGF; FGF; VEGF; KGF; HSS e ALR. A ação conjunta dos hormônios HGF, TGF-alpha, IL-6, TNF-alpha, norepinefrina, EGF, permite que insulina, glucagon e o próprio EGF manifestem seus efeitos. O HGF tem papel vital, talvez o principal gatilho deste processo, gerando um sinal endócrino que ativa fortemente a mitogênese nos hepatócitos já preparados pelo EGF, IL-6, insulina, matriz remanescente e outros, levando à síntese de DNA. Admite-se que o EGF também participe dos eventos iniciais do processo logo após a hepatectomia e que FGF, VEGF e KGF também participem dos eventos ligados à recomposição de outros tecidos.
Descrição
Citação
Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 16, n. 4, p. 261-266, 2001.
Coleções