Logo

Submissões Recentes

Item
Análise proteômica do coágulo seminal de Sapajus apella
(Universidade Federal de São Paulo, 2024-05-06) Guilharducci, Raquel Lozano [UNIFESP]; Bertolla, Ricardo Pimenta [UNIFESP]; Arakaki, Paloma Rocha; http://lattes.cnpq.br/7189347053904189; http://lattes.cnpq.br/8479803539567479; http://lattes.cnpq.br/5764599014557014
Objetivo: O presente trabalho objetivou a caracterização do proteoma do coágulo seminal de macaco-prego (Sapajus apella), visando a elucidação dos mecanismos biomoleculares que direcionam a coagulação seminal na espécie. Métodos: Foram incluídos nesse estudo três indivíduos de S. apella mantidos aos cuidados humanos. As colheitas seminais foram realizadas via eletroestimulação retal, e as frações coaguladas foram submetidas à análise proteômica através da cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas. Posteriormente à identificação e quantificação dos peptídeos, análises de ontologia gênica e de enriquecimento funcional das vias foram realizadas. Resultados: Foram identificadas ao todo 249 proteínas únicas, com destaque para SEMG1 e TGM4, que atuam na formação do coágulo, e inibidores de proteases como A2M e membros da família das serpinas. A análise ontológica destacou como principal termo para processo biológico a atividade antioxidante, e para função molecular, os termos reportados com maior frequência foram a atividade de peptidases e endopeptidases, expressivamente reportados pelos inibidores de proteases, como A2M, SERPINA1, SERPINA5 e SPINK5. Além das proteínas amplamente conhecidas, chamou a atenção entre as mais abundantes a proteína Ovomucoid-like, cuja correspondente ortóloga em humanos consiste em um membro da família Kazal denominado SPINK9, também com atividade inibitória sobre proteases. Conclusões: Analisando as proteínas identificadas e a frequência dos termos reportados, o presente trabalho sugere que o ponto chave a respeito do coágulo seminal de S. apella não se relaciona principalmente às proteínas que promovem a coagulação seminal, mas sim aos mecanismos que impedem, ou pelo menos dificultam, o processo de liquefação, dando destaque às diferentes classes de inibidores de proteases presentes entre as amostras.
Item
Manual ilustrado de nutrição em lesão por pressão para cuidadores
(Universidade Federal de São Paulo, 2023-03-06) Sapag, Isabela Silva [UNIFESP]; Ferreira, Lydia Masako [UNIFESP]; Suzuki, Vanessa Yuri [UNIFESP]; Blanes, Leila [UNIFESP]; http://lattes.cnpq.br/1109015106402921; http://lattes.cnpq.br/1898450330418640; http://lattes.cnpq.br/1619822351741819; http://lattes.cnpq.br/4751566744569326
Introdução: As lesões por pressão são feridas crônicas dos tecidos moles sobre uma proeminência óssea, sendo comum em pacientes debilitados e acamados. Há uma escassez de materiais ilustrados para cuidadores leigos quanto aos nutrientes e suplementos que atuam na tentativa de prevenção e tratamento da lesão por pressão. Objetivo: Desenvolver manual ilustrado de nutrição em lesão por pressão para cuidadores. Método: Tratase da metodologia Design Thinking dividida em quatro fases conforme o diagrama de Double Diamond. Utilizaramse os seguintes descritores: lesão por pressão, micronutrientes, aminoácidos, estado nutricional, dietoterapia, suplementação nutricional, nutrição, alimentos e cuidadores nas bases de dados MEDLINE, SCIELO e LILACS, seguindo critérios de elegibilidade prédeterminados. Foi elaborada a busca de anterioridade nos sites Google® e Google Acadêmico® nos anos de 2015 a 2022. Resultados: O manual elaborado possui 45 páginas, 6 capítulos e 37 imagens, que dispõe de fácil linguagem e imagens que objetivaram facilitar a compreensão e aplicação do conteúdo. Conclusão: Foi desenvolvido o Manual Ilustrado de Nutrição em Lesão por Pressão para Cuidadores.
Item
Estudo da expressão e metilação dos genes NRN1, TNFAIP3 E LRRC37A2 no câncer gástrico
(Universidade Federal de São Paulo, 2024-04-19) Santos, Leonardo Caires [UNIFESP]; Smith, Marília de Arruda Cardoso [UNIFESP]; http://lattes.cnpq.br/5761924688385176; http://lattes.cnpq.br/1932895317366751
O câncer gástrico (CG) tem elevada incidência e mortalidade no mundo. Estudos dos mecanismos epigenéticos em cancer têm sido realizados com frequência para um melhor entendimento da regulação da expressão gênica e para a identificação de novos biomarcadores. Foi feita uma análise de array de expressão gênica em linhagens de câncer gástrico tratadas e não tratadas com 5-azacitidina, onde encontramos 83 genes que são potencialmente modulados por metilação de DNA em linhagens celulare CG. Nós selecionamos os genes NRN1, TNFAIP3 e LRRC37A2 para serem avaliados quanto a sua expressão e metilação em tecidos gástricos tumorais e não tumorais adjacentes. O aumento da expressão de NRN1 e TNFAIP3 foi associado aos tumores avançados. Observou-se aumento da expressão de NRN1 e TNFAIP3 assossiado a menores níveis de metilação na região promotora. Redução da metilação na região promotora de NRN1 foi associada aos estágios avançados do tumor e presença de infecção por Helicobacter pylori. A diminuição da expressão de LRRC37A2 e aumento de metilação em regiões específicas do seu promotor estão associadas ao pior prognóstico. Esses resultados sugerem que alguns genes podem ser utilizados na prática clínica para estratificar pacientes que estão mais propícios a se beneficiarem por terapias epigenéticas.
Item
Photoguide para telemedicina: aplicativo móvel para captura de fotos com padrão técnico por pacientes e compartilhamento com seus médicos
(Universidade Federal de São Paulo, 2024-03-25) Albuquerque, Leonardo Montenegro Matos [UNIFESP]; Horibe, Elaine Kawano [UNIFESP]; Osório, Fernando Santos; http://lattes.cnpq.br/7396818382676736; http://lattes.cnpq.br/5423291926154188; http://lattes.cnpq.br/9271890408906207
Introdução: O uso de fotografias auxilia a comunicação entre médicos e pacientes na telemedicina. Atualmente o uso de aplicativos de mensagens para envio de fotos traz problemas como a falta de obtenção de consentimento, a falta de segurança e privacidade, a ausência de registro adequado em prontuário médico e a má qualidade das imagens registradas. Objetivo: Desenvolver um aplicativo móvel para captura de fotos com padrão técnico por pacientes e compartilhamento com seus médicos para uso em telemedicina. Método: Busca de anterioridade e revisão de literatura, nortearam o desenvolvimento do aplicativo pela técnica de design thinking. Entrevistou-se médicos e pacientes para definir os problemas a serem solucionados. O aplicativo desenvolvido foi submetido a testes de usabilidade para aprimoramento da versão final que foi entregue. Resultados: A busca de anterioridade não encontrou aplicativos voltados para padronização de fotos pelo próprio paciente. Foram entrevistados 10 médicos, 80% recebem fotos várias vezes por semana, 90% consideram importante as imagens na tomada de decisões, 100% usam WhatsApp e apesar de 100% considerarem importante obter consentimento, 90% raramente o fazem. A qualidade das fotos foi considerada importante por 90% deles. Dos 11 pacientes entrevistados, 64% enviam fotos aos médicos com frequência e 90% deles consideram as imagens muito importantes. O Whatsapp foi o aplicativo mais utilizado. Falta de segurança, baixa qualidade, enquadramento e foco foram os problemas definidos a serem solucionados. Brainstorm entre pesquisadores, médicos e programadores guiaram a prototipação, a validação e o desenvolvimento do aplicativo que foi entregue. Conclusão: Foi desenvolvido o PHOTOGUIDE para telemedicina - um aplicativo móvel para captura de fotos com padrão técnico por pacientes e compartilhamento com seus médicos. Palavras-chave: telemedicina, aplicativos móveis, fotografia médica, padronização.
Item
Efeito do estresse térmico testicular na atividade mitocondrial e fragmentação de DNA de espermatozoides murinos
(Universidade Federal de São Paulo, 2024-05-09) Miyazaki, Mika Alexia [UNIFESP]; Bertolla, Ricardo Pimenta [UNIFESP]; http://lattes.cnpq.br/8479803539567479; http://lattes.cnpq.br/4527664839744803
Objetivo: Simular a hipertermia testicular transitória e verificar se as alterações funcionais persistem nos espermatozoides após um ciclo completo de espermatogênese. Métodos: Foram utilizados 22 camundongos machos da linhagem C57BL/6 distribuídos em três grupos: Controle (n=7), Estresse térmico (n=7) e Sham (n=8). Para o grupo de estresse térmico, os animais foram sedados e a terça parte inferior do corpo (bolsa testicular, membros posteriores e cauda) foram imersas em banho de água a 40°C± 0.5ºC por 30 minutos por 6 dias consecutivos. O grupo Sham foi submetido ao mesmo protocolo, entretanto em temperatura a 33 °C± 0.5ºC. Após 35 dias do último dia de hipertermia testicular, os animais foram eutanasiados e da cauda do epidídimo foram coletados espermatozoides utilizados para mensuração da concentração, análise de fragmentação de DNA e atividade mitocondrial. Para a análise estatística, foi verificada a normalidade da distribuição dos dados pelo teste de Kolmogorov-Smirnov. Então, os grupos os controle, estresse térmico e sham foram comparados pela Análise de Variancia (ANOVA), seguido do teste post hoc LSD de Fisher quando verificado diferença estatística entre os grupos. Um erro alfa (α) de 5% foi adotado. Resultados: No presente estudo, não foi observada diferença estatísticamente significativa entre os grupos em relação a concentração espermática recuperada. Entretanto, foi revelado maior fragmentação de DNA e baixa atividade mitocondrial nos espermatozoides após 35 dias da finalização do estímulo. Conclusões: O modelo de estresse térmico aplicado neste estudo resultou em espermatozoides com função alterada.