Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9064
Title: Avaliação de pacientes com amputações de membros inferiores em uma comunidade por meio dos instrumentos SF-36 e SRQ-20
Other Titles: Evaluation of patients with lower limb amputations in a community through the instruments SF-36 and SRQ-20
Authors: Baptista-Silva, José Carlos Costa [UNIFESP]
Nunes, Marco Antonio Prado [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Adaptação psicológica
Extremidade inferior
Lower extremity
Psychological adaptation
Qualidade de vida
Quality of life
Amputation
Amputação
Amputados/psicologia
Amputees/psychology
Questionários
Questionnaires
Issue Date: 24-Nov-2011
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: NUNES, Marco Antonio Prado. Avaliação de pacientes com amputações de membros inferiores em uma comunidade por meio dos instrumentos SF-36 e SRQ-20. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Abstract: Objective: To evaluate people with lower limb amputations in community base and describe the demographic and clinical variables, and identify which of these influence the quality of life and psychological disorders. Methods: A cross-sectional study that included people who undergone amputation at all levels and etiologies; were excluded younger than 14 years. Was used the SF-36 and SRQ-20 to assess quality of life and the psychological changes respectively in relation to demographic, social and clinical variables. Results: 138 low income and education people was interviewed; the SF-36 showed that only those who were not married had average scores significantly higher in several dimensions and assessment of psychological conditions were influenced by women, not being married, not independent, time of amputation, and number of associated diseases, but after logistic regression, only the number of associated diseases and independence were significant. Conclusions: changes in quality of life were associated with the presence of morbid conditions and to having a partner, 43% of patients had mental illness that were associated with the number of chronic diseases and that they were not independent and, moreover, ware excluded labor market and ware not being rehabilitated.
Objetivo: avaliar pessoas com amputações de membros inferiores e descrever as variáveis sociodemográficas e clínicas, além de identificar quais dessas influenciam a qualidade de vida e alterações psíquicas. Métodos: estudo transversal, que incluiu pessoas submetidas a amputações de membros inferiores em todos os níveis e etiologias, sendo excluídas as que apresentaram idade inferior a 14 anos. Foram utilizados os questionários SF-36 e SRQ-20 para avaliar a qualidade de vida e as alterações psíquicas respectivamente em relação a variáveis sociodemográficas e clínicas. Resultados: foram entrevistadas 138 pessoas, com idade média de 62 anos, baixa renda e escolaridade, o SF-36 mostrou que apenas as que não eram casadas apresentaram escores médios de várias dimensões significantemente maiores e a avaliação das condições psíquicas foram influenciadas pelo gênero feminino, não ser casado, não ser independente, tempo de amputação e número de doenças associadas, porém depois da regressão logística, apenas o número de doenças associadas e independência mostraram-se significativas. Conclusões: as alterações na qualidade de vida estiveram associadas à presença de condições mórbidas e ao fato de ter um companheiro; 43% dos pacientes apresentaram doença psíquica, que estiveram associadas com o número de doenças crônicas e o fato de não serem independentes; além disso, foram excluídos do mercado de trabalho, não foram reabilitados.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9064
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Publico-9064.pdf503.61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.