Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8520
Title: Avaliação do dimorfismo sexual e da relação entre as características craniofaciais, dos arcos dentários e do músculo masseter na fase de dentição mista
Other Titles: Evaluation of sexual dimorphism and the relationship between craniofacial, dental arch and masseter muscle characteristics in mixed dentition
Authors: Marquezin, Maria Carolina Salomé
Andrade, Annicele da Silva
Rossi, Moara de
Gameiro, Gustavo Hauber
Gavião, Maria Beatriz Duarte
Castelo, Paula Midori [UNIFESP]
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul Departamento de Fisiologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Masseter Muscle
Child
Sex Characteristics
Dental Occlusion
Face
Músculo Masséter
Criança
Características Sexuais
Oclusão Dentária
Face
Issue Date: 1-Aug-2014
Publisher: CEFAC Saúde e Educação
Citation: Revista CEFAC. CEFAC Saúde e Educação, v. 16, n. 4, p. 1231-1238, 2014.
Abstract: Purposeto evaluate sexual dimorphism and the relationship between craniofacial characteristics, dental arch morphology and masseter muscle thickness in children in the mixed dentition stage. Methodthe study sample comprised 32 children, aged 6-10 years (14♀/18♂) with normal occlusion. Craniofacial characteristics, dental morphology and masseter muscle thickness were evaluated by means of posteroanterior cephalometric radiographs, dental cast evaluation and ultrasound exam, respectively. The results were analyzed using Shapiro-Wilk test, Mann-Whitney/t-test and stepwise linear regression to assess the relation between face width and age, gender, body mass index, masseter thickness, distances between first molars and canines on dental casts (between cusps/cervical points), nasal, maxillary, mandibular and intermolar widths. Resultmasseter thickness showed no significant difference between the sides left/right. The comparison between genders showed significant difference only in face width, being larger in boys. The regression model showed that face width was positively related with body mass index, masseter thickness, mandibular first molar distances (cusps), mandibular canine distances (cervical points), and maxillary intermolar width; and negatively with maxillary (cusps) and mandibular molar distances (cervical points) and mandibular canine distances (cusps). That is, when the other studied variables were considered, the explanatory variable gender did not reach a significant value. Conclusionin the studied sample, the dimensions of the dental arches and masseter thickness did not differ between boys and girls; moreover, face width showed significant relationship with body mass index, masseter thickness, and dimensions of dental arches; but gender did not contribute significantly to face width variation.
Objetivoavaliar o dimorfismo sexual e a relação entre as características morfológicas craniofaciais, dos arcos dentários e do músculo masseter na fase de dentição mista. Método32 crianças, com idade entre 6-10 anos (14♀/18♂) com oclusão normal, compuseram a amostra. Características morfológicas craniofaciais, dos arcos dentários e espessura do masseter foram avaliadas por meio de radiografia cefalométrica posteroanterior, modelos em gesso e ultrassonografia, respectivamente. Os resultados foram analisados utilizando testes Shapiro-Wilk, Mann-Whitney/teste “t” e regressão linear múltipla para avaliar a relação entre a largura da face e idade, gênero, índice de massa corporal, espessura do masseter, distâncias intermolares e intercaninos (entre cúspides e pontos cervicais) e larguras nasal, maxilar, mandibular e intermolar. Resultadoa espessura do masseter não diferiu significativamente entre os lados esquerdo e direito. A comparação entre os gêneros mostrou diferença significativa apenas na largura da face (maior em meninos). O modelo de regressão mostrou que a largura da face relacionou-se positivamente com o índice de massa corporal, espessura do masseter, distâncias intermolares (cúspides) e intercaninos (cervicais) inferiores e largura intermolar maxilar; e negativamente com a distância intermolares superiores (cúspides) e inferiores (cervicais) e intercaninos inferiores (cervicais). Ou seja, quando as demais variáveis foram adicionadas ao modelo, a variável explanatória gênero não alcançou valor significativo. Conclusãona amostra avaliada, a espessura do masseter e dimensões dos arcos dentários não diferiram entre gêneros; além disso, a largura da face mostrou relação significativa com o índice de massa corporal, espessura do masseter e dimensões dos arcos dentários, mas o gênero não contribuiu significativamente para sua variação.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/8520
ISSN: 1516-1846
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/1982-021620149613
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1516-18462014000401231.pdf274.53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.