Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7860
Title: Qualidade de vida entre adolescentes: estudo seccional empregando o SF-12
Other Titles: Quality of life among adolescents: a cross-sectional study using the SF-12 questionnaire
Authors: Silveira, Marise Fagundes
Almeida, Júlio César
Freire, Rafael Silveira
Ferreira, Raquel Conceição
Martins, Andrea Eleutério De Barros Lima
Marcopito, Luiz Francisco [UNIFESP]
Universidade Estadual de Montes Claros Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas
Universidade Estadual de Montes Claros
Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros
Universidade Estadual de Montes Claros Departamento de Odontologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Quality of life
Adolescent
Questionnaires
Utilization
Adolescent health
Cross-sectional studies
Qualidade de vida
Adolescente
Utilização de Questionários
Saúde do adolescente
Estudos transversais
Issue Date: 1-Jul-2013
Publisher: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Citation: Ciência & Saúde Coletiva. ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 18, n. 7, p. 2007-2015, 2013.
Abstract: Adolescence is a stage of life when potentially harmful behaviors to health can be initiated. For this reason, the assessment of quality of life at this age is useful to identify higher risk groups that may prejudice general well-being. This study aimed to evaluate the quality of life and associated factors in a sample of 754 adolescents between the ages of 15 and 19. For the measurement of quality of life a Portuguese language version of the 12-item short-form (SF-12) Health Survey questionnaire was used. The results revealed that satisfactory levels of quality of life are higher with the frequent practice of physical activities and the absence of conditions such as work activities and the consumption of tobacco and alcohol. The female sex was correlated with lower scores in mental aspects of quality of life.
A adolescência é um período em que comportamentos potencialmente lesivos ao estado de saúde podem ser iniciados. A avaliação da qualidade de vida nesse contingente torna-se útil para a identificação de grupos em maior risco para comprometimento do bem estar geral. O presente estudo objetivou avaliar a qualidade de vida e fatores associados em uma amostra de 754 adolescentes, com faixa etária de 15 a 19 anos. Para a mensuração da qualidade de vida foi utilizada a versão na língua portuguesa do questionário 12-Item Short-Form Health Survey (SF 12). Os resultados apontaram níveis satisfatórios de qualidade de vida, sendo estes maiores com a prática frequente de atividade física e a ausência de condições como atividades trabalhistas e consumo de tabaco e bebida alcóolica. O sexo feminino foi correlacionado a menores escores em aspectos mentais da qualidade de vida.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7860
ISSN: 1413-8123
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000700016
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1413-81232013000700016.pdf56.1 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.