Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7748
Title: Avaliação nutricional e consumo alimentar de pacientes com doença celíaca com e sem transgressão alimentar
Other Titles: Nutritional evaluation and food intake of celiac disease patients compliant or not with a gluten-free diet
Authors: Andreoli, Cristiana Santos
Cortez, Ana Paula Bidutte
Sdepanian, Vera Lucia [UNIFESP]
Morais, Mauro Batista de [UNIFESP]
Instituto Federal de Ouro Preto
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Adolescent
Child
Celiac disease
Nutritional status
Adolescente
Criança
Doença celíaca
Estado nutricional
Issue Date: 1-Jun-2013
Publisher: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Citation: ANDREOLI, Cristiana Santos; CORTEZ, Ana Paula Bidutte; SDEPANIAN, Vera Lucia e MORAIS, Mauro Batista de. Avaliação nutricional e consumo alimentar de pacientes com doença celíaca com e sem transgressão alimentar. Rev. Nutr. [online]. 2013, vol.26, n.3, pp.301-311
Abstract: OBJECTIVE: This study evaluated the nutritional status and intakes of energy and macronutrients of celiac disease patients compliant or not with a gluten-free diet. METHODS: We studied 63 patients with celiac disease, 34 children and 29 adolescents. Noncompliance with a gluten-free diet was characterized by detection of antibodies to tissue transglutaminase in serum by recombinant human tissue transglutaminase antigen. Nutritional status was classified according to the weight-for-age, height-for-age, and body mass index Z-scores. Dietary intake was assessed by a 24-hour recall. RESULTS: The percentages of children and adolescents noncompliant with a gluten-free diet were 41.2% and 34.5%, respectively. Noncompliant children had a lower mean height-for-age Z-score than compliant children (p=0.024). However, noncompliant children had higher mean body mass index Z-score than compliant children (p=0.021). On the other hand, compliant adolescents had higher BMI than noncompliant adolescents (p=0.037). The food intake between the groups did not differ, but the energy intakes of 70.0% of the children and adolescents exceeded 120.0% of their requirements. CONCLUSION: Children who do not comply with a gluten-free diet have lower height-for-age Z-scores and higher body mass index Z-scores than children who comply. Compliant adolescents have a higher mean body mass index than noncompliant adolescents. High energy intake was observed in both children and adolescents.
OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a ingestão de energia e de macronutrientes de pacientes com diagnóstico de doença celíaca que transgrediam ou não a dieta isenta de glúten. MÉTODOS: Foram estudados 63 pacientes com doença celíaca: 34 crianças e 29 adolescentes. Transgressão à dieta isenta de glúten foi caracterizada por meio da dosagem sérica do anticorpo antitransglutaminase tissular recombiante humana. O estado nutricional foi avaliado com base nos escores-Z de peso/idade, estatura/idade e no índice de massa corporal. A ingestão alimentar foi avaliada por meio do inquérito alimentar de 24 horas. RESULTADOS: A transgressão à dieta sem glúten foi constatada em 41,2% das crianças e em 34,5% dos adolescentes. Nas crianças com transgressão alimentar, a média do escore-Z de estatura/idade foi inferior à das crianças do grupo que não transgredia (p=0,024). Todavia, o grupo com transgressão apresentou maior escore-Z do índice de massa corporal em relação aos que não transgrediam (p=0,021). Os adolescentes que não transgrediam apresentaram maior índice de massa corporal quando comparados aos que transgrediam a dieta (p=0,037). Em relação à ingestão alimentar, não se observou diferença estatística entre os grupos. Todavia, cerca de 70,0% das crianças e adolescentes apresentaram consumo de energia acima de 120,0% da recomendação. CONCLUSÃO: As crianças que transgrediam a dieta apresentaram menor escore-Z de estatura/idade e maior escore-Z para índice de massa corporal do que crianças que seguem sem transgressões alimentares. Os adolescentes que não transgrediam a dieta apresentaram maior média de índice de massa corporal quando comparados aos que transgrediam a dieta. Consumo energético elevado foi observado tanto nas crianças quanto nos adolescentes.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/7748
ISSN: 1415-5273
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732013000300005
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-52732013000300005.pdf357.21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.