Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6915
Title: Avaliação dos esquemas iniciais desadaptativos: estudo psicométrico em alcoolistas
Other Titles: Evaluation of early maladaptive schemas: psychometric study in alcoholics
Authors: Silva, Jaqueline Garcia Da
Cazassa, Milton José
Oliveira, Margareth Da Silva [UNIFESP]
Gauer, Gabriel Chittó
Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Universidade de Granada
PUCRS
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Alcoholism
Early Maladaptive Schemas
Young Schema Questionnaire
personality
Alcoolismo
Esquemas Iniciais Desadaptativos
Young Schema Questionnaire
personalidade
Issue Date: 1-Jan-2012
Publisher: Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Citation: Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 61, n. 4, p. 199-205, 2012.
Abstract: OBJECTIVE: This study aims at presenting the psychometric properties of the Young Schema Questionnaire - short form (YSQ-S2). METHOD: We conducted a quantitative study, cross-sectional comparing a clinical with a non-clinical group and Cronbach's alpha, t test Student and Discriminant Analysis were used to analyze the results. The sample consisted of 107 subjects, 51 alcoholics and 56 non-alcoholics. RESULTS: Statistically significant differences were found in the five areas and the 15 schemes assessed by the YSQ-S2 questionnaire when comparing the clinical and non-clinical groups. CONCLUSION: YSQ-S2 was found to be an instrument that can detect differences between clinical and non-clinical populations, its use being essential for a deeper assessment of the patient's personality.
OBJETIVO: Este estudo objetiva apresentar as propriedades psicométricas do Questionário de Esquemas de Young - forma reduzida (YSQ-S2). MÉTODO: Foi realizado um estudo quantitativo, transversal, comparando um grupo clínico de alcoolistas com um grupo não clínico. Os resultados foram analisados com o alfa de Cronbach, o teste t de Student e a Análise Discriminante. A amostra da pesquisa foi constituída por 107 sujeitos, sendo 51 alcoolistas e 56 de uma amostra populacional do grupo de não alcoolistas. RESULTADOS: Foram encontradas diferenças estatisticamente significativas nas cinco áreas e nos 15 esquemas avaliados pelo questionário YSQ-S2 quando comparados os grupos clínico e não clínico. CONCLUSÃO: Foi observado que o YSQ-S2 é um instrumento capaz de detectar diferenças entre populações clínicas e não clínicas, sendo um importante recurso para uma avaliação mais profunda do funcionamento da personalidade do paciente.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6915
ISSN: 0047-2085
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0047-20852012000400002
Appears in Collections:Em verificação - Geral

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0047-20852012000400002.pdf101.6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.