Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6115
Title: Prevalence of patients with respiratory symptoms through active case finding and diagnosis of pulmonary tuberculosis among prisoners and related predictors in a jail in the city of Carapicuíba, Brazil
Other Titles: Prevalência de sintomáticos respiratórios através da busca ativa, diagnóstico de tuberculose pulmonar entre pessoas privadas de liberdade e fatores associados em uma cadeia pública no município de Carapicuíba, Brasil
Authors: Vieira, Amadeu A. [UNIFESP]
Ribeiro, Sandra Aparecida [UNIFESP]
Siqueira, Ana M. de
Galesi, Vera M. N.
Santos, Laedi A. R.dos
Golub, Jonathan E.
municipality of Carapicuíba Health and Preventive Medicine Department Tuberculosis Control Program
Universidade Bandeirante Instituto de Saúde
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
São Paulo State Health Deparment Centro de Vigilância Epidemiológica Alexandre Vranjac
Johns Hopkins School of Medicine Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health
Keywords: Prevalence
Tuberculosis
Pulmonary tuberculosis
Respiratory symptomatic
Active case finding
Prisoners
Prevalência
Tuberculose
Tuberculose pulmonar
Sintomático respiratório
Busca ativa
População privada de liberdade
Issue Date: 1-Dec-2010
Publisher: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Citation: Revista Brasileira de Epidemiologia. Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 13, n. 4, p. 641-650, 2010.
Abstract: BACKGROUND: Prisons offer a fertile setting for the transmission of tuberculosis due to the presence of many classic risk factors for both infection and disease: overcrowding, poor ventilation, and little sunlight. Prisoners are often malnourished and have poor hygiene and are more likely to have a background of alcohol and drug abuse. OBJECTIVES: To determine the prevalence of prisoners with respiratory symptoms and pulmonary tuberculosis (PTB) through active case finding in a prisoner population of the county jail of Carapicuíba, and to study possible related variables. METHODS: This was a cross-sectional study, and respiratory symptomatic individuals (RSI) were detected through active case finding. Socio-demographic data were collected from inmates' judicial history using a specific questionnaire. The RSI provided sputum specimens for detection of acid fast bacilli and culture for mycobacterium identification. RESULTS: Among the 397 prisoners studied, 154 reported respiratory symptoms for more than three weeks, and were considered RSI; the variables associated with RSI were: having already been tried and incarcerated for more than six months and seven were diagnosed as PTB (1,763 cases/ 100,000 inhabitants). CONCLUSIONS: The prevalence of RSI and PTB cases were respectively 39 and 35 times greater than the general population.
INTRODUÇÃO: Estabelecimentos prisionais são um campo favorável para a transmissão de tuberculose (TB), devido a presença de vários fatores de risco clássicos, tanto para a infecção como para a doença: aglomeração, falta de ventilação e de iluminação, como também o fato de os detentos receberem uma nutrição deficitária e os locais possuí-rem condições de higiene precárias; uma grande proporção dos detentos apresentam história pregressa de alcoolismo e uso de drogas ilícitas nas dependências desses estabelecimentos. OBJETIVOS: Determinar a prevalência de sintomáticos respiratórios (RSI) e casos de tuberculose pulmonar (TBP) através da busca ativa em população privada de liberdade na cadeia pública do município de Carapicuíba e estudar os prováveis fatores associados. MÉTODO: O desenho de estudo foi do tipo corte transversal, realizou-se a busca ativa de RSI e os dados sociodemográficos foram coletados em questionários específicos a partir dos processos judiciais dos participantes. Os RSI foram submetidos ao exame de baciloscopia e cultura para micobactérias do escarro. RESULTADOS: Dos 397 detentos estudados, 154 relataram tosse por mais de três semanas, considerados RSI. Os fatores associados à presença de sintomas respiratórios foram estar preso há mais de seis meses e ter sido julgado. Foram diagnosticados 7 casos de tuberculose pulmonar, 1.763 casos por 100.000 detentos. CONCLUSÕES: A prevalência de RSI e casos de TBP foram 39 e 35 vezes superior ao encontrado na população em geral respectivamente.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/6115
ISSN: 1415-790X
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2010000400009
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-790X2010000400009.pdf273.06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.