Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53301
Title: Identificação do limiar glicêmico em nadadores de competição para predição da intensidade de treino
Authors: Colantonio, Emilson [UNIFESP]
Garcia, Gabriel Tenan [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
http://lattes.cnpq.br/5975025195981255
http://lattes.cnpq.br/9840076091240222
Keywords: Natação
Glicemia
Limiar Anaeróbio
Desempenho Atlético
Swimming
Anaerobic Threshold
Blood Glucose
Athletic Performance
Issue Date: 21-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: GARCIA, Gabriel Tenan. Identificação do limiar glicêmico em nadadores de competição para predição da intensidade de treino. 2017. 33 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2017.
Abstract: A na tação competitiva s e conceitua pela realização do nado em menor tempo possível, sendo que para isso deve se conhecer a maior intensidade de esforço que pode ser sustentada por um determinado período de tempo. Como nem sempre é possível identificar essa int ensidade, correspondente ao limiar anaeróbio (Lan), através do padrão ouro ( limiar de lactato ) na natação devido ao tempo necessário para a execução dos testes e o equipamento necessário, outro s métodos podem contribuir na identificação do Lan nesta modali dade. Com isso, o objetivo do presente estudo foi i dentificar o limiar glicêmico ( através de protocolo incremental em nadadores de competição . Para isso, foram recrutados 12 voluntários de ambos os sexos (9 ♂ /3 ♀ )), com idade entre 18 e 40 anos, envolvidos em programa de treinamento sistematizado de cinco a seis sessões semanais e com no mínimo quatro anos de exp eriência em natação competitiva, os quais foram submetidos a realização de 5 x 200m de nado estilo crawl, com incremento de 0.05 m.s 1 a cada 200m e dois minutos de descanso entre cada repetição, de acordo com a proposta adaptada de Ribeiro et al. (2004 )), sendo que a velocidade da última repetição foi baseada no melhor tempo da distância de 200m de cada voluntário na época da realização dos testes. Amostras de sangue para análise da glicemia foram coletadas através da punção na polpa do dedo dos voluntários na situação de repouso, após cada repetição e durante o período de recuperação (3, 5, 7 e 9 min uto s após ), sendo o LG determinado de acordo com a proposta de Simões et al. ( Com isso, foi possível a identificação do LG na velocidade correspondente ao T1 (glicemia = 93,2 mg/dL; velocidade = 1,35 m/s 2 )), o que sugere que o LG também pode ser utiliz ado para a predição d a velocidade de nado correspondente ao L imiar Anaeróbio em nadadores de competição.
Competitive swimming is conceptualized by the performance of the swim in the shortest possible time, and for this it is necessary to know the highest intensity of effort that can be sustained for a certain period of time. As it is not always possible to identify this intensity, corresponding to the anaerobic threshold (AT), through the gold standard (lactate threshold) in swimming due to the time required to perform the tests and the necessary equipment, other methods can contribute to the identification of AT in this modality. Therefore, the aim of the study was to identify the glycemic threshold (GT) through the incremental protocol on competitive swimmers. For this purpose, twelve volunteers from both sex (9 ♂/3♀), aged 18 until 40 years old, involved in a systematized training program from five up to six weekly sessions with, at least, four year’s experience in competitive swimming, were submitted to swim freestyle 5x200m, increasing 0.05 m.s-1 every 200m and were given a two minutes rest between every repetition, according to the adapted proposal of Ribeiro et al. (2004), in the end, the velocity of the last repetition was based on the best 200m distance time of each volunteer during the test period. Blood samples for glycemic analysis were collect through the distal finger pulp puncture of the volunteers under rest, after every repetition and during the recovery period (3, 5, 7 and 9 minutes after effort), considering the GT determined by the proposal of Simões et al. (1999). Through this, it was possible to identify the GT at the velocity matching T1 (blood glucose = 93,2 mg/dL; velocity = 1,35 m/s2), suggesting that the GT could also be used to set the velocity of the swimming regarding the AT in competitive swimmers
URI: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53301
Appears in Collections:Trabalho de conclusão de curso de graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GABRIEL GARCIA.pdfTCC completo1.17 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.