Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53230
Title: Influência de uma sessão de surfe sobre parâmetros bioquímicos, cognitivos e estado de humor de surfistas amadores
Authors: Santos, Ronaldo Vagner Thomatieli dos [UNIFESP]
Silva, Priscilla Lobo Andrade [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
http://lattes.cnpq.br/9928572887023286
http://lattes.cnpq.br/9928572887023286
Keywords: Surfe
Perfil lipídico
Exercício agudo
Cognição
Estado de humor
Surfing
Lipid profile
Acute exercise
Cognition
Mood state
Issue Date: 10-Dec-2014
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: SILVA, Priscilla Lobo Andrade. Influência de uma sessão de surfe sobre parâmetros bioquímicos, cognitivos e estado de humor de surfistas amadores. 2014. 39 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Educação Física) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2014.
Abstract: A busca por esportes radicais em contato com a natureza cresce a cada dia, dentre as modalidades de esportes radicais, o surfe merece destaque por ser uma modalidade esportiva organizada e com muitos adeptos no Brasil. Entretanto, apesar do rápido crescimento e da grande adesão à prática desse esporte pouco se sabe a respeito da caracterização fisiológica, bioquímica e dos aspectos cognitivos e estado humor de uma sessão de surfe. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar a influência de uma sessão de surfe sobre parâmetros bioquímicos, cognitivos e estado de humor de surfistas amadores. A amostra deste estudo foi composta por 10 surfistas amadores saudáveis do sexo masculino, com no mínimo três anos de experiência de surfe, com idade média de 20,09 ± 7,00 anos, estatura de 1,70 ± 0,04 m, peso corporal de 64,04 ± 13,36 kg e IMC de 21,93 ± 3,66. As avaliações foram realizadas antes e após uma sessão de surfe com duração de 1 hora e 30 minutos. Foram avaliadas as concentrações séricas de glicose, creatina fosfato (CK), lactato desidrogenase (LDH), triglicérides (TG), colesterol total, HDL e LDL mediante a coleta de 5 ml de sangue venoso. Em relação aos parâmetros comportamentais, o estado de humor, a memória e a impulsividade, foram avaliados por meio da Escala de Humor de Brunel (Brums), Escalas Analógicas de Sintomas Somáticos (EASS), Digt Span (números) e Barrat Impulsivity Scale. A normalidade dos dados foi verificada por meio do teste Shapiro-Wilk`s. A análise descritiva foi realizada por meio de média ± desvio-padrão. As comparações entre os momentos pré surfe e pós surfe foram realizadas por meio do teste t-Student pareado. O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05. Os resultados mostram que após uma única sessão de surfe foi induzida lesão celular (aumento significativo de CK e LDH) e não houve mudanças no perfil lipídico na glicemia. Melhorou-se a memória, a impulsividade e o estado de humor (aumento significativo do vigor e diminuição significativa da tensão, depressão, raiva, confusão e distúrbio total do humor). Reduziu-se a tensão muscular e aumentou-se a agitação. Dessa maneira, concluímos que a sessão de surfe não foi capaz de alterar o perfil lipídico e provocou danos musculares, porém, foi eficiente em melhorar os aspectos cognitivos e estado de humor de surfistas amadores.
The pratice of radical sports in contact with nature grows each day. The surf deserves to be an organized and with many sport fans in Brazil. However, despite the rapid growth and strong adherence to the practice of the sport, little is known about the physiological, biochemical characterization and mood state, and cognitive aspects of a surfing session. Therefore, this study aimed to evaluate the influence of a surfing session on biochemical parameters, mood and cognitive in amateur surfers. The sample for this study consisted of 10 healthy male amateur surfers, with at least three years of surfing experience, with an average age of 20.09 ± 7.00 years, height 1.70 ± 0.04 m, weight body of 64.04 ± 13.36 kg and BMI of 21.93 ± 3.66. Evaluations were performed before and after a surfing session lasting 1 hour and 30 minutes. Serum glucose, creatine phosphate (CK), lactate dehydrogenase (LDH), triglycerides (TG), total cholesterol, HDL and LDL, mood, memory and impulsiveness, through the Brunel Mood Scale (Brums), Somatic Symptom Analog Scales (EASS) Digt Span (numbers) and Barratt Impulsivity Scale were evaluated. Data normality was verified using the Shapiro-Wilk`s test. Descriptive analysis was performed by mean ± standard deviation. Comparisons between the pre and post surfing session were performed using paired Student t test. The level of significance was set at p ≤ 0.05. The results show that after a single surfing session was induced cellular injury (significant increase of CK and LDH) and no changes in lipid profile and glycemia. Improved memory, impulsiveness and mood state (significant increase in strength and significant decrease in tension, depression, anger, confusion, and total mood disturbance). Reduced muscle tension and increased the stirring. Thus, we conclude that the surfing session was not able to alter the lipid profile and caused muscle damage, however, was effective in improving the cognitive aspects of mood in amateur surfers
URI: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53230
Appears in Collections:Trabalho de conclusão de curso de graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRISCILLA SILVA.pdfTCC completo554.4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.