Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5245
Title: Influência do veículo na eficácia da reposição de potássio em ratos hipocalêmicos
Other Titles: Vehicle influence on potassium replacement effectiveness in hypokalemic rats
Authors: Petenusso, Márcio
Valenti, Vitor Engrácia [UNIFESP]
Abreu, Luiz Carlos de
Colombari, Eduardo [UNIFESP]
Fonseca, Fernando Luiz Affonso [UNIFESP]
Sato, Monica Akemi
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Faculdade de Medicina do ABC Departamento de Fisiologia
Keywords: Hypokalemia
Potassium
Vehicles
Hipopotassemia
Potássio
Veículos
Issue Date: 1-Sep-2009
Publisher: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Citation: Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 24, n. 3, p. 367-372, 2009.
Abstract: INTRODUCTION: Patients who undergo cardiac surgery are commonly treated with diuretic therapy for the management of volume overload. The concern of hypokalemia important in the adult population submitted to cardiac surgery has been described. Intravenous potassium (K+) replacement dilution is only recommended with sodium chloride 0.9% solution (SF0.9%), likely due to the putative effects of glucose solution 5% (SG5%) on insulin secretion, which influence K+ replacement quality. However, it is not yet experimentally proved the influence of SF0.9% and SG5% on K+ replacement quality. Objectives: To evaluate the effects of different vehicles of K+ replacement on blood K+ levels in furosemide hypokalemic rats. METHODS: Male Wistar rats divided into four groups: K+SF, K+SG, SF and SG. Jugular vein cannulation for K+ replacement and femoral vein cannulation for blood analysis. Furosemide (50mg/kg) to induce hypokalemia. We prepared the following solutions: vehicle 1.6mL (SF0.9% or SG5%) + 0.4 mL de K+ (19.1%) and for control groups only vehicle 2 mL. Furosemide (50 mg/kg) was used to induce hypokalaemia, it was analyzed potassium plasmatic levels 24 hours before furosemide injection, 24 hours after furosemide injection and 30 minutes after post-replacement. RESULTS: There was no significative difference in blood K+ levels before furosemide administration, after hypokalemic induction and after K+ replacement among all groups. Only SF+K presented blood Na+ levels increaseafter K+ replacement (P<0.05). CONCLUSION: K+ replacement in different vehicles did not affect blood K+ levels in rats
INTRODUÇÃO: Pacientes após cirurgia cardíaca são comumente tratados com diuréticos para controle de volume plasmático. A preocupação de distúrbios hipocalêmicos em adultos antes, durante ou após a cirurgia já foi ressaltada anteriormente, visto o risco de arritmias cardíacas. Clinicamente, a diluição da solução de potássio (K+) para administração por via intravenosa, em situações que requerem a sua reposição é realizada utilizando-se soro fisiológico (SF) ao invés de soro glicosado 5% (SG5%), possivelmente em vista de poder ocorrer estimulação da secreção de insulina, que interferiria sobre a qualidade da reposição de K+. Porém, não está comprovado experimentalmente se o SF e SG5% poderiam realmente interferir na qualidade da reposição de potássio em ratos com hipocalemia. OBJETIVO: Analisar a influência da reposição de K+ diluído em diferentes veículos sobre as concentrações plasmáticas de K+([K+]p) em ratos submetidos a hipocalemia induzida por furosemida. MÉTODOS: Ratos Wistar adultos foram divididos em quatro grupos: K++SF, K++SG, SF e SG. Foi realizada a canulação da veia jugular para reposição e da veia femoral para coleta de sangue. O diurético furosemida na dose de 50mg/kg foi usado para induzir hipocalemia, foi analisado nível plasmático de potássio 24 h antes da injeção de furosemida, 24 h pós-indução e 30 minutos pós-reposição. RESULTADOS: Os níveis da [K+] pós-injeção de furosemida sofreram redução, comparado aos valores basais (pré-furosemida) em todos os grupos. Entretanto, os níveis [K+] retornaram aos valores basais tanto nos grupos que receberam K++SF ou K++SG, o que não foi observado nos grupos que receberam apenas SF e SG. Quanto ao Na+ plasmático, somente o grupo K+SF apresentou aumento após reposição. CONCLUSÃO: A reposição de K+ diluído tanto em SF quanto SG parece não afetar a qualidade da reposição de K+ plasmático em ratos
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5245
ISSN: 0102-7638
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382009000400017
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-76382009000400017.pdf249.05 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.