Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51648
Title: Os efeitos do laser terapêutico na regeneração nervosa após secção total do nervo ciático em ratos
Authors: Renno, Ana Claudia Muniz [UNIFESP]
Di Gangi, Giuliana Castro [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
http://lattes.cnpq.br/4874715865624159
http://lattes.cnpq.br/4106611304688552
Keywords: Tecido Nervoso
Laser
Nervo Ciático
Marcha
Bainha de Mielina
Nerve Tissue
Laser
Sciatic Nerve Myelin
Gait
Sheath
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: DI GANGI, Giuliana Castro. Os efeitos do laser terapêutico na regeneração nervosa após secção total do nervo ciático em ratos. 2010. 33 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade (ISS), Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2010.
Abstract: Lesões de nervo periférico são freqüentemente encontradas na prática clínica da fisioterapia. Traumas como esmagamento e secções totais são as causas mais comuns de lesões nos nervos periféricos e, comumente, resultam incapacidades funcional, afetando atividades ocupacionais e sociais do indivíduo. Dentro deste contexto, muitos recursos vêm sendo pesquisados com o intuito de acelerar a regeneração nervosa, dentre estes se destaca a terapia laser de baixa potência. Estudos anteriores demonstraram que o laser de baixa potência (LLLT) promove diminuição do processo inflamatório e aumento da proliferação celular, resultando em aceleração da regeneração nervosa pós-lesão. No entanto, apesar da série de evidências da efetividade do LLLT no processo de regeneração do tecido nervoso, os mecanismos envolvidos nestes eventos são amplamente desconhecidos, e ainda há uma contradição entre os diversos parâmetros usados. Com isso, este projeto teve o objetivo de analisar os efeitos do LLLT na regeneração do nervo ciático em ratos após lesão por secção total. Para isso, foram utilizados ratos machos da raça Wistar, divididos nos seguintes grupos (n=10): grupo controle-lesão, grupo lesão irradiado com laser 808nm, fluência de 50 J/cm2 e grupo lesão irradiado com laser 808nm, fluência de 10 J/cm2 . O protocolo de tratamento foi iniciado 24 horas após a cirurgia e realizado durante 15 dias. A cada 20 dias, os animais foram submetidos à avaliação do índice funcional do ciático (SFI). Após 90 dias os animais sofreram eutanásia por overdose de anestésico e o nervo ciático foi retirado para a realização de análises morfológica e morfométrica, nas quais foram mensurados o número de fibras mielínicas e amielínicas, área da fibra e axônio e espessura da bainha de mielina. O resultado do SFI não mostrou diferenças significativas entre os grupos tratados com laser e o grupo controle durante as avaliações. Não houve diferenças estatisticamente significantes entre espessura da bainha de mielina, área de fibras nervosas e axônio e número de fibras mielínicas e amielínicas nos três grupos avaliados.
Peripheral nerve injuries are frequently founded in clinical practice of physiotherapy. Traumas such as crushing and sections totals are the most common causes of injury to peripheral nerves and usually result in functional disability, affecting social and occupational activities of the individual. Within this context, many resources are being done in order to accelerate nerve regeneration, among them stands out the low level laser therapy (LLLT), which promotes decrease inflammation and increase cell proliferation, resulting in acceleration of regeneration nerve after injury. However, despite the many evidences of the effectiveness of LLLT in the process of regeneration of nerve tissue, the mechanisms involved in these events are largely unknown, and there is a conflict between the various parameters used. Therefore, the aim of this project was analyze the effects of LLLT on the regeneration of sciatic nerve injury in rats after total section. For this, we used male Wistar rats divided into the following groups (n = 10) control-injury, injury group irradiated with 808nm laser fluence of 50 J/cm² and injury group irradiated with 808nm, fluence 10 J/cm². The treatment protocol was initiated 24 hours after surgery and held for 15 days. Every 20 days, the animals were subjected to the evaluation of sciatic functional index. After 90 days, the animals were euthanized by overdose of anesthetic and the sciatic nerve was removed to carry out morphological and morfometric analysis, which were measured the number of myelinated and unmyelinated fibers, fiber and axon area and sheath thickness myelin. The result of SFI didn’t show differences between treatment groups and control group during the SFI evaluation. There weren`t differences between the three groups when we evaluated sheath thickness myelin, fiber and axon area and number of myelinated and unmyelinated fibers.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/51648
Appears in Collections:Trabalho de conclusão de curso de graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_GiulianaCDGangi.pdf626.46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.