Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5119
Title: Desafios da atenção básica em saúde: a experiência de Vila Mariana, São Paulo, Brasil
Other Titles: Challenges in primary health care: the experience in Vila Mariana District, São Paulo, Brazil
Authors: Villela, Wilza Vieira [UNIFESP]
Araújo, Eliane Cardoso de [UNIFESP]
Ribeiro, Sandra Aparecida [UNIFESP]
Cuginotti, Aloísio Punhagui [UNIFESP]
Hayama, Eliana Tiemi [UNIFESP]
Brito, Francisco Carlos de [UNIFESP]
Ramos, Luiz Roberto [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Primary Health Care
Single Health System
Health Services
Atenção Primária à Saúde
Sistema Único de Saúde
Serviços de Saúde
Issue Date: 1-Jun-2009
Publisher: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Citation: Cadernos de Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, v. 25, n. 6, p. 1316-1324, 2009.
Abstract: This article presents the results of a case study aimed at identifying challenges for the delivery of primary health care in a health district in the city of São Paulo, Brazil, considering comprehensiveness as a central device for organizing work at this level of care. Five units in the district's primary care network were studied. We collected the data by observing work routines and flows, conducting interviews with managers and health professionals from different backgrounds, and through focus groups with family health teams. The analysis shows a mismatch between users' characteristics and their presumed needs and the heterogeneity of the health professionals' perceptions concerning their work. Lack of staff and time and difficulties with referrals were the main problems identified by interviewees.
Este artigo apresenta resultados de estudo de caso visando identificar desafios na oferta de atenção básica à saúde em um distrito de saúde da cidade de São Paulo, Brasil, considerando integralidade como dispositivo organizador do trabalho neste nível de atenção. Foram estudadas as cinco unidades que compõem a rede de atenção básica à saúde no distrito considerado. Os dados foram coletados mediante observação dos fluxos e rotinas de atendimento, realização de entrevistas com gerentes e profissionais de diferentes formações e ainda realização de grupos focais com equipes de saúde da família. A análise mostra um descompasso entre as características da clientela e suas necessidades presumidas e as ofertas dos serviços, e heterogeneidade nas percepções dos profissionais sobre seu trabalho. Falta de profissionais, de tempo, e dificuldades para encaminhamentos foram os principais problemas apontados pelos entrevistados.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5119
ISSN: 0102-311X
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2009000600014
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-311X2009000600014.pdf101.33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.