Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50316
Title: S "Amarradoras" Do Porto De Santos: O Processo De Trabalho E A Saúde Das Trabalhadoras
Authors: Nogueira, Claudia Maria Franca Mazzei [UNIFESP]
Pereira, Marina Coutinho De Carvalho [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Harbor
Labor
Working Women
Work Relationships
Worker'S Health
Porto
Trabalho
Mulheres Trabalhadoras
Relações De Trabalho
Saúde Do(A) Trabalhador(A)
Issue Date: 14-Dec-2017
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract: This work has as a goal the study of the work process and health of the harbor workers known as CODESP (Dock Company of São Paulo State)'s female mooring workers from the port of Santos city, facing the implications of gender division in the wage labor in this sector and the transformations that have been taking place in the work market, mainly regarding the forementioned harbor during the 21th century - period in which occurs an increase of female workforce, concerning mainly their health and work conditions.This is a study regarding the introduction of female workforce in the harboring sector, specifically in Santos's harbor - considered the biggest harbor in Latin America - and about how the harbor-work related healthdisease process has been taking place in the current conjuncture of constant metamorphosis in the work market, having the Harboring Modernization Process in Santos become a milestone, which allowed the introduction of women to the position of mooring worker, with their joining after succeeding in a examination for civil service. Despite the technological improvements and innovation in workforce management precognized by the new harbor-work organization after the "harbor modernization", there was no suppression of the intense and exhaustive work in the sector and of the problem with diseases and labor accidents. On the contrary, the present research shows that the mooring and unmooring operation is predisposed to cause disease and and accidents, threatening workers' health with risk of physical and mental burn out. Therefore, it was possible to verify the transformations that have been happening in the work market and that affect the harbor of Santos had no effect regarding structural changes in the mooring workers work, which means this field is one of the few non-automatized ones. This research has confirmed that the possible aggravation to the mooring workers' health condition are inherent to factors related to work position and its organization. The results obtained in this research will be able to contribute to the awareness of the process and organization of the mooring workers' functions and their implications in their health-disease process, as well as they might assist in the development of protection measures to assure these workers' safety, adding the risk situations to the accident prevention process, although it has also been found that such measures will always have palliative effect for as long as there's no change in the work process and organization. Such effects can be attenuating, but they don't erradicate the source of damage to these workers' health, possible accidents and labor-related diseases.
O presente trabalho teve como objeto o estudo do processo de trabalho e a saúde das trabalhadoras auxiliares portuárias conhecidas como “amarradoras” da CODESP (Companhia Docas do Estado de São Paulo) do porto de Santos diante das implicações da divisão sexual do trabalho assalariado neste setor e as transformações que vem ocorrendo no mundo do trabalho, prioritariamente ao que tange o referido porto no século XXI – período este onde ocorre o aumento da inserção da força de trabalho feminina, centralmente no que se refere à saúde e as condições de trabalho dessas trabalhadoras. Tratou-se de um estudo a respeito da inserção da força de trabalho feminina no setor portuário, especificamente no porto de Santos / SP – considerado o maior porto da América Latina – e acerca de como tem decorrido o processo saúde-adoecimento relacionado ao trabalho portuário na atual conjuntura de constantes metamorfoses do mundo do trabalho, tomando-se como marco o Processo de Modernização Portuária em Santos, o qual permitiu a inserção de trabalhadoras do sexo feminino na ocupação de “amarradora”, com seu ingresso mediante a realização de concurso público. Apesar do incremento tecnológico e de inovações na gestão da força de trabalho preconizadas na nova organização do trabalho nos portos com a “modernização portuária”, não se suprimiu o trabalho intenso e exaustivo existente no setor portuário e o problema de adoecimento / acidentes laborais. Pelo contrário, pudemos constatar em nossa pesquisa que a operação de atracação e desatracação é um espaço com predisposição a adoecimento e acidentes apresentando riscos à saúde das(os) trabalhadoras(es), espaço esse que continua provocando desgaste físico e mental. Portanto, verificou-se que as transformações que vem ocorrendo no mundo do trabalho que atingem o porto santista não teve rebatimento em mudanças estruturais na forma de organização do trabalho das “amarradoras”. A pesquisa confirmou que os possíveis agravos à saúde das “amarradoras” são inerentes à forma de organização do trabalho. Os resultados obtidos em nossa pesquisa poderão contribuir para ampliar o conhecimento sobre o processo e a forma de organização do trabalho das auxiliares portuárias conhecidas como “amarradoras” e suas implicações no processo de saúde-adoecimento dessas trabalhadoras, bem como poderão auxiliar no desenvolvimento de medidas de proteção para garantir a segurança dessas trabalhadoras, incorporando as situações de riscos no processo de prevenção de acidentes, embora tenha se verificado na pesquisa que essas medidas sempre serão paliativas se não houver transformação no processo e forma de organização do trabalho. Atenuam-se os efeitos, mas não se elimina a causa dos agravos à saúde dessas trabalhadoras, de possíveis acidentes e adoecimento.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50316
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5629175
Appears in Collections:Tese de doutorado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.