Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49097
Title: Percepção da voz em professoras: narrativas de vida entre os espaços do trabalho e do coro cênico
Authors: Imbrizi, Jaquelina Maria
Blanco, Eliane Selma do Valle
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
http://lattes.cnpq.br/9465030556609590
http://lattes.cnpq.br/8682215618761531
Keywords: Voice
Teachers
Occupational health
Narrative of Life History
Art and Health
Scenic Choir
Voz
Docentes
Saúde do Trabalhador
Narrativa de História de vida
Arte e Saúde
Coro Cênico
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: BLANCO, Eliane Selma do Valle. Percepção da voz em professoras: narrativas de vida entre os espaços do trabalho e do coro cênico. 2017. 124f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Campus Baixada Santista, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2017.
Abstract: This research tries to understand the use and perceptions of the voice of teachers who participate in the scenic choir “Céu da Boca” and covered the objectives: to investigate the perception of the use of voice as a tool of work and as an instrument of expression of art, in a choir of teachers of the Early Childhood Education in Santos; understand the relationship that a teacher establishes between the spoken voice (professional use) and the voice sung (amateur use); identifying the quality of vocal health, to promote strategies aimed at prevention and care at the individual and collective levels. It is a qualitative research, in which the ethnographic method was used, with the production and analysis of field diaries and participant observation. The elaboration of five life history narratives with the participating teachers and the conductor of the choir was used as a methodological resource in the production of data and approximation between subjects, who in this case are the researcher and the participants of the research. These narratives and the contents of the field diary were analyzed from the perspective of some issues, such as: the use of voice in art and the use of voice in the profession; the influence of working time on vocal use and / or overuse; the influence of work organization on the use of the voice of those teachers; how those professionals take care of vocal health, in relation to their lifestyle, the different ways of managing time and their different roles: woman, mother, teacher, singer. In the final considerations, it was possible to observe that Arts, music, participation in a singing group (choir) can be an efficient strategy not only for the promotion of vocal health but also for the choice of lifestyles in which those women take care of themselves. The second point is that there is little provision of prevention programmes and vocal health promotion for teachers, both in terms of those offered by the occupational health system and those offered by the institutions where teachers work.
Esta pesquisa procura compreender o uso e percepções da voz de professoras que participam do coro cênico “Céu da Boca” e abrangeu os objetivos: investigar a percepção do uso da voz como ferramenta de trabalho e como instrumento de expressão de arte, em um coro de professoras da Educação Infantil de Santos; compreender a relação que a professora estabelece entre a voz falada (uso profissional) e a voz cantada (uso amador); identificar a qualidade da saúde vocal, para promover estratégias voltadas para a prevenção e cuidados no plano individual e coletivo. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na qual foi utilizado o método etnográfico, com a produção e análise de diários de campo e observação participante. A elaboração de cinco narrativas de história de vida com professoras participantes e com a regente do coro, foi utilizada como um recurso metodológico na produção de dados e de aproximação entre sujeitos, no caso a pesquisadora e as participantes da pesquisa. Tais narrativas e o conteúdo do diário de campo foram analisados sob a perspectiva de alguns analisadores, como: o uso da voz na arte e o uso da voz na profissão; a influência do tempo de trabalho no uso/e/ou desgaste vocal; a influência da organização do trabalho no uso da voz destas professoras; o como estas professoras/ cantoras cuidam da saúde vocal, em relação ao estilo de vida, as diferentes formas de administrar o tempo e os diferentes papéis: mulher, mãe, professora, cantora. Nas considerações finais foi possível observar que a Arte, a música, a participação em um grupo de canto (coro) pode ser uma estratégia eficiente não só para a promoção da saúde vocal como também para a escolha de estilos de vida nos quais estas mulheres exercitam o cuidado de si. O segundo ponto constatado é que há pouca oferta de programas de prevenção e promoção de saúde vocal para as professoras, tanto no que se refere àqueles oferecidos pelo sistema de saúde ocupacional quanto àqueles disponibilizados pelas instituições onde as docentes atuam.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/49097
Other Identifiers: http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/059_bx_dissertacao_eliane_blanco.pdf
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.